MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

A Grande final! depois de um arduo campeonato


A VORC Series Enfim encerrou a VTCC Series, um campeonato que foi árduo em alguns problemas, mas com o pilotos dando o máximo de si, a grande final ocorreu tudo bem em corrida bem disputada em Ibarra no Equador. foram 17 carros na grande final.

CLASSIFICAÇÃO

Ernesto Brock não dá chances aos rivais e crava mais uma pole no grid da VORC. Com uma volta em 1:16.1 o piloto bota 0.2 em cima de Beto Feler e sai na frente na última etapa da VTCC Series no autódromo virtual de Yacocha, vulgo Ibarra.
Neto Silva, Thallisson Santos e Bento Rosato fecham os cinco primeiros.



CORRIDA

Logo na largada uma escapada na curva 1 de Ernesto Brock faz com que ele e Beto fiquem presos, levem pancadas e caiam para o fim do grid. Melhor para o mineiro Neto Silva, que comendo pelas beiradas pula para a ponta logo na curva 1.
Quem também agradece é a dupla da Paraguay, Felipe Granado e Thallisson, que despontam junto com Neto na liderança da corrida.
Bento Rosato assume a quarta posição e faz uma corrida sozinha, sendo a única posição em pista não disputada. O piloto tinha uma diferença grande para a terceira e maior ainda para a quinta, não tendo problemas para impor seu ritmo e garantir bons pontos na disputa direta da vice-liderança do campeonato de equipes.
Na ausência do já campeão Gustavo Frigotto e com a batida de Brock e Beto na primeira curva, a corrida ficou, nas palavras de Granado, para a disputa dos meros mortais.
O título de equipes estava nas mãos da Paraguay Racing AV, mas o pessoal da BSP e BenKleR disputavam forte a segunda (e com chances de primeira) posição na tabela.
Neto e Granado num ritmo à parte disparam na ponta, fazem algumas poucas disputas mas não mudam de posição, indo assim até o final nessa que era a disputa entre "a primeira entrevista com o novo microfone de Neto" e a "primeira vitória de Granado".
No meio do grid muitas disputas, mas muitos toques. O quarteto Gilson Rodrigues, Kleber Stippi, Alisson Zanoni e Anderson Medeiros troca farpas durante grande parte da corrida, pior para a dupla da BSP.
Na disputa de equipes, após um toque de Zanoni e Gilson a BSP perde um escudeiro, complicando sua disputa pelo título e tendo que focar mais na defesa da segunda posição. Novamente Zanoni se envolve em toque com Anderson Medeiros e tira de vez as chances da equipe mineira brigar pela liderança, mas garantindo o vice.
Na tabela de pilotos Granado por apenas um ponto perde a vice liderança no campeonato para Ernesto Brock.
A Paraguay Racing garante todos os 4 troféus do campeonato, vencendo mais uma na "disputa particular" Paraguay X BSP.



CAMPEONATO DE PILOTOS
Gustavo Frigotto já vinha com o titulo em mãos, e na briga pelo vice, Ernesto Brock conseguiu a vice liderança do campeonato com 214 pontos, e Felipe Granado segurou o terceiro lugar no campeonato com 213 pontos.


CAMPEONATO DE EQUIPES
A Paraguay Racing AV confirmou o titulo de equipes encima da BSP Racing por 374 pontos contra 341 pontos, a BenKleR Racers ainda conquistou o terceiro lugar do campeonato.


VT DA ETAPA