MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Brands Hatch ao estilo Indy!!!


E Brands Hatch em sua versão Indy recebeu os bólidos da Old BTCC para a segunda etapa. com 19 carros em pista a categoria voltou a ter boas disputas em suas baterias com vencedores diferentes e bons pegas. Além de marcas algumas estreias como a Parma Motorsports e Marcio Moraes pela Gryphus Motorsports.


QUALIFYING


No qualy, Gustavo Frigotto manteve a hegemonia de poles dele, e conquistou mais uma, agora correndo de Audi A4 pela CTE Racing HVM, foi seguido de dois pilotos substitutos Thiago Procópio foi o segundo e Leandro Werle o terceiro. Cadu Maciel fazendo seu retorno a VORC Series fechou na quarta colocação.




BATERIA 1


Na largada Frigotto larga bem, com Werle vindo em boa segunda posição.

Tonga Guardia já vinha na terceira colocação logo de caro ao fazer bela largada
Na quarta volta as brigas ficaram intensas, Frigotto era perseguido por Werle, com Tonga Guardia e Procopio vindo na sequencia.
Na sétima volta uma briga entre Chrome Racing e Paraguay Racing esquentava o meio de pelotão!
Chegando perto da metade de prova, a briga pela ponta se mantinha com os carros próximos, com quatro carros.
Mais atras Rodrigo Kbessa consegue ultrapassagem sobre Henrique Salgueiro.
Volta 15, Neto Silva Cadu Maciel e Kbessa disputam a quinta colocação.
Frigotto seguia não tendo sossego com a pressão colocada por Werle, até que na 19ª volta Werle aproveita-se de um erro de Frigotto e pula para a ponta.
Na 20ª volta Procopio que vinha em terceiro, tem problemas de conexão e acaba caindo do servidor, fim de prova.
Tonga Guardia, colocava pressão para cima de Frigotto na disputa pela segunda colocação, o argentino vinha em melhor ritmo, quanto Frigotto perdia muito rendimento na parte final da prova.
Logo mais na volta 28 tanto Tonga Guardia como Cadu Maciel partiram para o ataque, Tonga conseguiu a ultrapassagem.
Na ultima volta Cadu Maciel pula para terceiro, deixando Frigotto para quarta colocação.
Leandro Werle vence a bateria com boa vantagem mesmo depois de bater na ultima volta, fecharam o pódio Tonga Guardia e Cadu Maciel.




BATERIA 2


Com Anderson Medeiros saindo da ponta com a inversão de grid e Salgueiro em segundo.

Na largada, Jesus Neto faz uma largada excelente e pula para a ponta logo de cara, Czerkawsky é abalroado por Dani Gomes e fica rodado na grama na primeira volta.



Rodrigo Kbessa vem em segundo após boa largada.

Logo depois um acidente entre Frigotto e Werle se espremendo sobrou para Anderson Medeiros que foi jogada para fora da pista.
Jesus Neto ficou a frente encima de Kbessa, Frigotto já vinha em terceiro e Cadu Maciel na quarta colocação.
Volta 6 Procopio e Tarso Marque se tocam, e na sequencia Tarso se toca com Marco Parma e acaba indo para na grama.
Na volta 10, Alexandre Oliveira pula para a 6ª colocação ao ultrapassar Henrique Salgueiro.
Na 14ª volta, Frigotto faz boa briga com Kbessa pela segunda colocação, até que consegue na volta 15.
Três voltas depois, Frigotto passa por Jesus Neto, e assumiu a ponta, enquanto Werle também se aproveita e toma a posição de Jesus.
Na sequencia, Jesus brigava com Cadu Maciel pela terceira colocação, mas um toque entre os 2 acabou fazendo Jesus Neto rodar na pista e voltar na quinta colocação, enquanto no mesmo momento, Rodrigo Kbessa rodava sozinho e voltava em 5º.
Na volta 23 Frigotto e Werle vinham reeditando a briga da primeira bateria, enquanto no meio do grid da 4ª até a 9ª posição a distancia entre pilotos era menor que 4 segundos.
Na 25ª volta Frigotto aplica um xis em Werle e Cadu Maciel vai chegando na briga pela vitória também.



Na penúltima volta, Cadu Maciel tanta o ataque, mas toma um xis de Werle que se mantem em segundo lugar.

E no final Gustavo Frigotto vence a segunda bateria de Brands Hatch, com Leandro Werle em segundo e Cadu Maciel em terceiro.




PUNIÇÕES


BATERIA 2


Anderson Medeiros (Uso de farol para reclamação) + 10s / 2 pts na carteira

Thiago Procopio (Uso de farol para reclamação) + 10s / 2 pts na carteira

PONTUAÇÃO PILOTOS


Gustavo Frigotto aumenta sua vantagem na liderança em 39 pontos, Frigotto vem com 79 pontos, contra 40 pontos de Tonga Guardia a grande revelação da temporada, Leandro Werle mesmo como substituto pulou para terceiro depois dos  bons resultados de Brands Hatch.





PONTUAÇÃO EQUIPES


A BSP Racing 2 assumiu a ponta da temporada neste momento, com a BenKleR Racers em segundo lugar. A Paraguay Racing AV passa a ser a terceira colocada com 52 pontos.





PRÓXIMA ETAPA


Próxima etapa será realizada no circuito de Thruxton, circuito muito veloz, com chicanes para quebrar a velocidade.

VT DA ETAPA