MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Guerra de saltos


A penúltima etapa da Old BTCC da VORC Series foi em Oulton Park, circuito inglês de Oulton Park na versão International Circuit que possui 4.333 km, com seu traçado sinuoso, onde os pilotos tiveram uma dura batalha entre si e os bumps da pista.

- QUALIFIYNG
No qualy, Gustavo Frigotto demonstrou mais uma vez o porque vinha sendo o pole man da temporada, e conquistou mais uma vez a chance de largar na frente, Leandro Werle viria para dividir a primeira fila, o argentino Tonga Guardia fez o terceiro tempo com Jesus Neto na quarta posição, dentro dos 18 carros que vieram para  a etapa.



BATERIA 1
Em uma largada demasiadamente problematica com muitos pilotos passando do ponto na curva 1, mas sem maiores incidentes para as 13 voltas de corrida.
Frigotto disparou logo no começo da bateria.
No meio do pelotão Tarso Marques se defendia dos ataques de seu companheiro de equipe Daniel Gomes, logo a frente Emerson Czerkawsky vinha com dificuldades logo a frente.
Jesus Neto vinha em duelo com Gilson Rodrigues, com Anderson Medeiros atrás na briga pelo quinto lugar
Outra briga era entre Ernesto Brock e Alexandre Oliveira na quarta volta da corrida.
Na volta 5, outro bom pega acontecia, Glauber Bello vinha em briga com Daniel Gomes.
Na 10ª valendo a pole da segunda batera, Emerson Czerkawsky perdia a posição para Tarso Marques.
Na 7ª volta Frigotto já havia aberto 2.5 segundos de vantagem para Leandro Werle, Tonga Guardia vinha na terceira colocação, acompanhado de Samuel Pontes que vinha em boa prova.
Na 8ª volta Tonga Guardia se aproxima muito de Werle na briga pelo segundo lugar.
Volta 9 praticamente um 3wide entre Guardia, Werle e Pontes, com o piloto da Factory levando a pior e errando, caindo para o quarto lugar.
Volta 10, Werle paga punição e com isso cai para o 7º lugar!
Na 11ª volta, uma briga do 5º ao 7º vinha começando, com Medeiros, Rodrigues e Werle.


E no final deu Frigotto que ganhou de ponta a ponta, se aproximando ainda mais do título da temporada, Tonga Guardia passou pelo segundo lugar, seguido de Samuel Pontes somando bons pontos para o campeonato e para a BSP Racing 2 que estava na liderança do campeonato de equipes.



BATERIA 2
Na Bateria 2 Tarso Marques saiu na ponta com Cadu Maciel ao lado dele, seguido de Alexandre Oliveira e Gilson Rodrigues.
Em uma largada bem melhor que na primeira bateria, sem muitos incidentes na curva 1.
Frigotto acabou batendo forte depois de um toque lateral, mas continuou na prova mesmo assim. Cadu Maciel vinha na liderança da prova, a frente de Anderson Medeiros e Alexandre Oliveira que vinha em terceiro lugar.

No meio do grid as brigam eram intensas com o pessoal se tocando bastante
Volta 3, Guardxia vinh a em duelo com Gilson Rodrigues e Samuel pontos, até que Gustavo Frigotto se encontrou com Gilson Rodrigues e Leandro Werle no Hairpin.
Volta 5, aos poucos as brigas se acalmam, Cadu Maciel liderava, com Anderson Medeiros em segundo, Alexandre Oliveira e Tonga Guardia na sequencia.
No meio da volta Anderson consegue a ultrapassagem pela ponta da corrida, Cadu viria a passar a ser atacado por Tonga Guardia que já vinha em terceiro lugar.
No final da volta Alexandre Oliveira e Gilson Rodrigues se estranham na pista, com o piloto da Paraguay levando a pior.
Na volta seguinte mais um enrosco, Frigotto mergulha para passar por Cadu Maciel, e junto com Samuel Pontes o três se tocam, com Cadu Maciel levando a pior no incidente.
Na 7ª volta Tonga Guardia parte para cima de Anderson Medeiros, com Gustavo Frigotto e Samuel Pontes formando um quarteto
Na 8ª volta tonga consegue a ultrapassagem e Frigotto em outro mergulho consegue o segundo lugar, e briga com Samuel Pontes pela posição.
Na 9ª volta, Gilson Rodrigues e Leandro Werle passavam de uma vez por Alexandre Oliveira.
Volta 11, Tonga Guardia seguia na ponta, enquanto Frigotto e Pontes vinham em um longo duelo pelo segundo lugar da prova.
Na 12ª volta Samuel Pontes consegue a ultrapassagem, mas na sequencia Frigotto mergulha e recupera o segundo lugar.
Cadu Maciel bate no muro quando vinha na 9ª colocação da prova.
Na abertura da ultima volta Samuel Pontes consegue a ultrapassagem encima de Frigotto e pula novamente para o segundo lugar.


A no final, Tonga Guardia vence e se torna o segundo estrangeiro a vencer na VORC Series, com Samuel Pontes vindo na segunda colocação e Gustavo Frigotto fechando o pódio na terceira posição



- CAMPEONATO DE PILOTOS
Gustavo Frigotto conquista o titulo antecipado da temporada ao abrir 52 pontos de vantagem, para o vice lider Tonga Guardia que boa vantagem para o terceiro colocado Samuel Pontes.



- CAMPEONATO DE EQUIPES
A BSP Racing 2 está perto de conquistar o título de equipes pela primeira vez na VORC Series, são 47 pontos de vantagem para a vice lider Branca Sports Team e 52 para a Factory Assalt Team que é a terceira colocada no campeonato.



- PRÓXIMA ETAPA
A Etapa final acontecerá no circuito de Silverstone em sua versão Grand Prix no traçado do ano de 1996.

- VT DA ETAPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário