MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Bregonci vence fácil em Macau com show de Pedro de Oliveira


A terceira etapa da BMW E90 Cup foi realizada no estreito e desafiador circuito da Guia em Macau, sendo essa a segunda e última etapa especial do campeonato. Os pilotos não esmoreceram perante o desafio de levar o carro inteiro por 50 minutos.

Na classificação João Bregonci, da M-Tech Academy marcou a pole position com 2:19.927 com Jesus Neto, da BSP Racing divindo a fila com tempo na casa de 2:20.1. A segunda fila foi formada por Rodrigo Kbessa, da BenKler TR e Ricardo Prediger, da Team Shcnell com tempos na casa de 2:21.



A corrida foi marcada por vários incidentes. A primeira foi limpa, mas depois....

Logo na abertura da volta 2, Jesus Neto bate forte no muro e Rodrigo Kbessa comprou pronto e bateu forte também causando grande confusão para todo o grid. Vários pilotos ficaram presos no início do miolo do traçado e com isso ocorreu várias mudanças de posição.



 Bregonci é o único que passou ileso e abriu larga vantagem já no fim da segunda volta. o top10 no fim da segunda volta era Bregonci, Brock, Prediger, Alexandre Oliveira, Marco de Andrade, Kleber Stippi, Czerkawsky, Augusto Falcão, Bento Rosato e Pedro de Oliveira.

Destaque desse início de corrida para a ultrapassagem dupla de Pedro de Oliveira para cima do Bento Rosato e Augusto Falcão no fim da reta oposta. Pedro que tinha largado em penúltimo e já aparecia em oitavo. Destaque para o abandono de Marco De Andrade que, em ascensão no campeonato, abandona quando estava na sexta posição.

A corrida seguia com uma disputa feroz pela segunda posição entre Brock, Prediger e Alexandre. Brock acabou rodando sozinho e deixou a briga para os outros dois. Na metade da prova o top5 era composto por Bregonci, Alexandre, Prediger, Pedro e Falcão.

Um pouco depois Marco Parma bateu forte e abandonou a prova enquanto Mauro Ekerman (BenKler) bate no miolo e se envolve em um incidente com o estreante substituto Tito Tomey (Branca) ao tentar voltar para a corrida com marcha ré no setor mais estreito.

Os boxes começaram a ficar movimentados e Prediger depois da sua parada nos boxes perdeu algumas posições, voltando atrás do piloto português Augusto Falcão.



Alheio a tudo e a todos, Bregonci venceu a prova com muita facilidade desde as primairas voltas, Alexandre Oliveira conseguiu fechar na segunda posição e Pedro de Oliveira em corrida espetacular, fechou o pódio na terceira posição.


Protestos:
Tito Tomey > M.Ekkerman
O piloto vinha com carro danificado em pista e acabou entrando do traçado do piloto do carro #16
20s + 4 pts na carteira: (Como o piloto abandonou a prova, perde 10 posições no próximo qualifying)


O campeonato de pilotos segue com Pedro na liderança com 53 pontos. João Bregonci é o segundo com 46 pontos e Rodrigo Kbessa ainda é o terceiro com 37 pontos.



Já pelas Equipes... a BSP Racing segue lider com 76 pontos, contra a CTE Racing HVM que vem com 49 pontos, e Logo atrás a Matriz HVM Racing Team com 47 tentos.



E a Nations Cup segue com o Brasil na liderança, por ter maior número de pilotos, com 95 pontos, Argentina é a segunda com 36 pontos e Portugal é o terceiro com 15 pontos.



A próxima etapa volta a ser com duas baterias de 25 minutos em Hockenheim, circuíto conhecido por muitos, um pouco de tranquilidade para um calendário super desafiador. Você não perde nada pelo webcanal XtremeTV.

Não viu ao vivo??? veja o VT aqui: