MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Pedro de Oliveira passeia no inferno... verde de Nordschleife


A segunda etapa da BMW E90 Cup foi a primeira das duas etapas especiais do campeonato e ocorreu em dos templos da velocidade. Nordschleife recebeu uma turma numerosa e que não estava para brincadeira.

A classificação foi apertada, mas Pedro de Oliveira, da BSP Racing 3 marcou a pole com 8:27.716 seguido de perto pelo líder do campeonato Rodrigo Kbessa, da Benkler TR com 8:30.156. a segunda fila foi composta somente por BSP com Jesus Neto em terceiro e Anderson Medeiros em quarto. Confira abaixo a classicação completa:



A largada foi marcada pelo grande acidente causado pelo piloto português Paulo Rodrigues e que envolveu vários carros antes mesmo da curva 1. Na frente, Kbessa tomou a ponta logo nos primeiros metros. Logo após Jesus acaba errando e com um toque perdeu várias posições. Ao entrarem pela primeira vez no green hell Tonga Guardia (Branca) disputa fortemente com Thallison Santos (Chrome) pela sexta posição. Curvas após o piloto argentino cometeu um erro e perdeu várias posições.

Ainda na primeira volta outro acidente forte envolvendo Ernesto Brock (Hole Viva Mexico) que estava disputando com Daniel Gomes (Chrome) rodou e ficou parado na pista e acabou sendo acertado por Anderson Medeiros (BSP) e logo após pelo Thallisson. Pouco tempo depois, o líder do campeonato também se envolveu em um acidente sozinho e no retorno acabou furando os dois pneus traseiros. No finalzinho da primeira volta, Kbessa ainda com carrro avariado errou a freada no fim da reta oposta e acertou em cheio John Martins (CTE). Depois de tantos acontecimentos, o top10 ao fim da primeira volta era Pedro, Bento Rosato (Benkler), Marco de Andrade (Mtech), Thallisson, Felipe Gula (Mtech), Alexandre Oliveira, Emerson Czerkawsky (Hola Viva Mexico), Jesus, Dani Gomes e o Tonga.

A pista fez suas vítimas na primeira volta: 8 abandonos apenas na primeira volta! Os que sobraram deram um show de disputas, com destaque para a perseguição de Alexandre Oliveira a Felipe Gula pela quinta posição. Enquanto isso, Pedro de Olivera fazia seu passeio tranquilo pela floresta com mais de 20 segundos para o segundo colocado. Destaque para Marco de Andrade, que em um começo sem se envolver em incidentes, estava em segundo lugar no momento.

Alguns pilotos no fim da segunda volta já tinham ido aos boxes, o que colocou mais um ingrediente na corrida: a estratégia de box. Enquanto isso Dani Gomes parte pra cima de Ricardo Prediger (Schnell) que estava com carro avariado naquele momento. Logo após, em um briga tripla na quarta colocação entre Czerkawsky, Jesus e Tonga, o piloto da Hola Viva Mexico foi rodado pelo argentino.


A corrida seguiu com poucas disputas e os pilotos foram fazendo suas paradas. Pedro já abria mais de 40 segundos no fim da sexta volta. Bento Rosato teve que fazer a segunda parada nos boxes e perdeu a segunda posição para Tonga. Destaque para a disputa "quase" interna entre Alexandre Oliveira e Czerkawsky pela sétima posição.

A corrida seguiu sem maiores problemas e com ritmo forte do início ao fim, Pedro de Oliveira vence a etapa,

 com Tonga Guardia em segundo e a terceira posição seria do Felipe Gula, mas uma rodada na penúltima curva o fez perder o pódio para Bento Rosato. Ainda na última volta, Emerson Czerkawsky conseguiu a ultrapassagem em Alexandre Oliveira, Prediger consegue ultrapassar Dani Gomes e Mercelo Vieira conseguiu segurar o ímpeto de Paulo Rodrigues e mesmo com o acidente na última curva, o piloto português praticou o fair play ao não ultrapassar o piloto da Parma Motorsports. Veja o resultado final da prova:


Protestos
R.Prediger > Paulo Rodrigues - Incidente na largada, +20s (+4 pontos na carteira)
R.Prediger > Rodrigo Yoshihara - Indeferido, piloto do #87 assumiu o risco ao entrar a frente do carro #75 em uma linha totalmente fora do comum.

Após a segunda etapa o campeonato Pedro de Oliveira da equipe BSP Racing com 38 pontos, seguido por Rodrigo Kbessa, da equipe Benkler TR com 37 pontos e em terceiro o Tonga Guardia, da equipe Branca Sport Team com 36 pontos.



Já no campeonato de equipes, a equipe BSP Racing é a líder com 61 pontos, em segundo é Benkler TR com 37 pontos e em terceiro vem a Branca Sport Team com 36 pontos.



E por fim, mas não menos importante, a Nations Cup segue com o Brasil na liderança com 71 pontos.



A próxima etapa será no Circuito da Guia, em Macau, valendo pela terceira etapa do campeonato sendo a segunda especial e você não pode perder esse grande desafio.



VT DA ETAPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário