MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Pedro de Oliveira vence em Surfers e embola campeonato


A V8 Supercars continua rodando a Austrália e dessa vez o destino foi a famosa pista de rua em Surfers Paradise. Lá os pilotos encararam uma pista temida, onde algumas curvas poderiam causar catástrofes ainda mais com um grid com mais de 22 carros.

Na disputada sessão classificatória, Pedro de Oliveira, da BSP Racing 3, marcou a pole com 1:10.911 colocando mais de meio segundo no seu companheiro de fila e de equipe Jesus Neto. Tonga Guardia e Emerson Czerkawsky fazem a segunda fila.


Já na largada um acidente forte com o Emerson Czerkawsky e envolveu vários pilotos. Segundo o próprio, esbarrou o pedal do freio enquanto segurava a embreagem e deixou o carro morrer, causando o acidente. Além dele, Facundo Lopez e Rodrigo Zanga também abandonaram a prova. Zandor Ahmed tem pneu furado e foi obrigado a parar nos boxes. Com isso a primeira bandeira amarela foi acionada.



Poucas voltas depois, Dani Gomes da Chrome Racing rodou sozinho na entrada da reta dos boxes e ao abandonar a prova, trouxe consigo a segunda bandeira amarela. Com isso, alguns pilotos começaram a usar o momento para fazer suas paradas obrigatórias já pensando no fim da corrida. Antes da relargada o top10 era formado por Tonga, Renzo Sanchez, Paulo Rodrigues, Jorge Dillerva, Tito Tomey, Fernando Esquitino, Carlos Reina e Ernesto Brock - sendo este o primeiro brasileiro no momento.

Pouco tempo depois Renzo Sanchez que fazia uma excelente estreia bateu de frente na curva 1 e com isso veio a terceira bandeira amarela. Na relargada os líderes do início da prova estavam tentando voltar as posições iniciais até que Jesus Neto errou na curva 1 e perdeu algumas posições. Logo após foi Bruno Miranda que cometeu um erro no setor e perdeu algumas posições. Destaque para o retorno de Pedro de Oliveira para a ponta da prova faltando 11 minutos para o fim. Faltando 10 minutos para o fim o top5 era formado por Pedro, Medeiros, Reina, Brock e Paulo Estevão.



Faltando menos de 4 minutos para o fim e as primeiras posições consolidadas, Jorge Dillerva errou no setor 2 e aciona assim a quarta e última bandeira amarela decretando a vitória de Pedro de Oliveira. Anderson Medeiros terminou em segundo e Carlos Reina fechou o pódio mantendo a tradição de pelo menos 1 piloto estrangeiro no pódio nesta categoria.


Punições:
Paulo Estevão : +45s, Excedeu limite de pista da curva 1 conforme combinado em briefing. sem pontos na carteira
Zandor Ahmed : Saida dos boxes sem respeitar o limite de pista: + 10s, +2 pontos na carteira (como o piloto não completou a etapa, sem poder pagar a punição, perde 5 posições no próximo qualy)

Carteira V8 Supercars
Augusto Falcão - 14 pontos
Tonga Guardia - 4 pontos
Alexandre Oliveira - 4 pontos
Zandor Ahmed - 2 pontos

Depois desse desafio o campeonato fica assim: Carlos Reina segue líder com 57 pontos, com Pedro de Oliveira em segundo com 53 pontos e Emerson Czerkawsky em terceiro com 43 pontos.



Pelas equipes, HVM Racing Team é a líder com 72 pontos, ST Overtakes vem em segundo com 57 pontos e BSP Racing 3 vem pela terceira posição com 53 pontos.


A Nations Cup segue disputada com o Brasil na liderança com 82 pontos, Venezuela em segundo com 57 pontos e Portugal aparece em terceiro com 38 pontos.


Já nas montadores, a Nissan segue lider com 85 pontos, a frente de Ford e Holden nessa ordem.



A próxima etapa deste campeonato sensacional é no curto traçado de Barbagallo para mais 50 minutos de pura emoção. E você não perde por esperar. Quer acompanhar de perto? Veja nossas corridas pelo webcanal XtremeTV



VT da Etapa

Nenhum comentário:

Postar um comentário