MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Cadu Maciel, John Martins e Felipe Granado vencem na estreia da TCR Series


A terceira temporada da VORC Series começa com a novidade da TCR Series substituindo os carros da BMW E90 trazendo de volta os carros de tração dianteira para a liga. Outra grande novidade são as 3 baterias de 20 minutos com a inversão dos 10 primeiros, totalizando assim 15 corridas em 5 etapas de pura emoção.

Na classificação, Cadu Maciel (TechForce Lada) foi o único a andar na casa de 34 com 1:34.827. Alexandre Oliveira (Herdez Opel) dividiu a fila com 1:35.272. A segunda fila foi formada por Ernesto Brock (CTE Alfa Romeo) e Jesus Neto (BSP Volkswagen).


A primeira bateria foi do jeito que se imaginava: disputas por todo o grid e emoção até os últimos instantes. Cadu larga bem e abre vantagem no início, mas no final precisou se defender muito para conquistar a primeira vitória. Ernesto Brock e Alexandre Oliveira bem que tentaram, mas não tiveram êxito contra o posicionamento do piloto da TechForce. Brock e Alexandre formaram o pódio. Anderson Medeiros (BSP 2 Alfa Romeo) e Felipe Porto (Clube do Volante Cupra) fizeram uma corrida decente e terminaram em quarto e quinto. No meio do pelotão a luta foi muito intensa para definir a ordem da inversão do grid para a bateria seguinte. Felipe Granado (HVM Volkswagen) bate no fim e deixa a sexta posição para John Martins (CTE Alfa Romeo) e chegando muito próximo Dani Gomes (Chrome Opel), Paulo Rodrigues (TimeXtrabe Peugeot), Alexandre Vscud (FTR Audi) e Marco Parma (Parma Lada). Estes últimos formaram a primeira fila da segunda bateria. Lino Palladino (CTR Cupra), Emerson Czerkawsky (HVM Volkswagen), Marco de Andrade (M-Tech Audi) e Emerson Barina (Herdez Opel) fizeram uma corrida discreta, mas não foi o suficiente para se beneficiarem da inversão do grid. João Hebert (M-Tech Audi) recebeu uma penalização na última volta e terminou 15ª posição. Além do Granado, Fernando Esquitino (Branca Cupra), Renzo Sanchez e Tito Tomey (Mobo Honda), Jesus Neto e Werner Marote (Schnell Peugeot) abandonaram a bateria. Gilson Rodrigues acabou sendo desclassificado após não cumprir uma penalização por excesso de cortes.


Na segunda bateria Marco Parma mantém a ponta, mas logo é ultrapassado por John Martins em uma ótima largada rumou para a vitória com boa vantagem. Antes do estouro de motor do Marco Parma, Cadu Maciel e Anderson Medeiros assumiram a segunda e terceira posições e deixou a confusão para quem vinha atrás. Brock, Porto, Neto e Dani Gomes debateram bastante pela melhor posição enquanto Czerkawsky, Granado e Vscud disputaram 2 vagas na inversão para a última bateria. O abandono de Alexandre Oliveira que também estava na disputa pela posição de honra da inversão facilitou a vida do trio. Além do Alexandre “Zé da Meia”, a dupla da Mobo também abandonou a bateria. Destaque da turma do fundão para Marcelo Vieira (Parma Lada) que chegou apenas na bateria 2 largou em 25º e terminou em uma honrosa 15ª posição. Destaque também para Fernando Esquitino e Gilson Rodrigues que conseguiram conquistar posições importantes com o revés da bateria anterior.


A terceira bateria teve Vscud e Granado dividindo a primeira fila. Granado larga melhor e assume a ponta enquanto Neto se envolve em um lance mais incisivo com Vscud, mas ambos continuam na prova.


 Cadu que estava rápido, Brock e Jesus se envolveram no acidente mais forte da etapa com consequências para Gilson Rodrigues e Anderson Medeiros. Com isso, Porto e o Zé da Meia e Werner Marote se deram melhor e avançaram bastante. Granado mantém o ritmo e leva até a sua primeira vitória no AV. A Corrida foi interrompida por conta da queda de vários pilotos do servidor na antepenúltima volta, mas antes disso, Czerkawsky bateu forte e deixou a segunda posição para Alexandre Oliveira e Alexandre Vscud é o terceiro segurando a forte pressão de Felipe Porto. Cadu Maciel após disputa com Werner terminou em sexto. Dani Gomes, John e Fernando Esquitino fecharam o top10. Uma corrida com mais abandonos: Marco de Andrade, Gilson, João Hebert, Jesus e Emerson Barina. Destaque para Tito Tomey que mesmo após rodada terminou em 13º. Medeiros e Brock mesmo após incidente no começo ainda conseguiu um 11º e 12º lugares. Marcelo Vieira, Renzo Sanchez, Lino Palladino e Paulo Rodrigues também finalizaram a bateria.


O campeonato após as 3 baterias é liderado por Cadu Maciel com 56 pontos, seguido por John Martins com 43 e Brock com 37.


Já nas equipes, a Scuderia TechForce lidera o campeonato de equipes com 56 pontos, seguido por CTE Racing HVM e HVM Racing Team com 53 e 37 pontos respectivamente. Lembrando que para este campeonato apenas o melhor carro da dupla pontua para a equipe.


Entre os construtores, a russa Lada com o Vesta lidera com os 56 do Cadu Maciel, a Alfa Romeo com a Giulietta é a segunda com os 53 da CTE Racing HVM e a Opel Astra é a terceira com 45 com os bons resultados de Alexandre Oliveira e da Chrome Racing de Dani Gomes.



A próxima etapa será no circuito nórdico de Helsinque Thunder, na Finlândia. Você acompanha a sequência da temporada aqui no site da VORC e no webcanal XtremeTV!

Vt da Etapa


Nenhum comentário:

Postar um comentário