MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Fabricio Matheussivence mais uma no campeonato e coloca as duas mãos na taça! John Martins vence pelos GT e embola a briga pelo título da classe



O feriado do “Dia das Crianças” deixou a garotada da VORC bem cansada, colocando o bom grid da IMSA sob uma etapa desafiadora e, mesmo num feriadão, a etapa contou com 27 pilotos em pista no circuito de Saint Petersburg.
Na classificação Bruno Miranda (BMRS) faz uma volta “no capricho”, crava 1:00.520 e marca a pole position, seguido por Fabricio Matheussi (RM), seu rival direto na briga pelo título. Fechando os cinco primeiros vieram Bruno Fernandes (MS-2), Ricky Esteves (4EverBR) e Vinicius Loyola (BMRS).


Já pelos GTsCadu Maciel (TechForce) cravou a pole e com uma vantagem relativamente grande, considerando o equilíbrio da classe, colocando quase meio segundo no segundo colocado, John Martins (CTE). Thiago Procopio (BenKleR), Alisson Borges (MTech) e João Hebert (MTech) fecharam os cinco primeiros da classe.


Logo antes da largada Ricky tem uma queda energia e fica fora da etapa.
O início da corrida, por ser uma pista curta e todos andarem próximos, foi bem agitado. Os líderes conseguiram abrir uma pequena mas confortável vantagem, enquanto nas segundas posições de ambas as classes as brigas aconteciam. Entre Matheussi e Fernandes nos protótipos e Procopio, John, Alisson e João. Outra briga muito boa era a de Ricardo Prediger(Schnell) (guarde esse nome) e Loyola. O piloto da Team Schnell vinha forte tentando ganhar posições e, um pouco afoito, acabou errando e tocando o muro, prejudicando sua corrida e perdendo contato, tendo que parar nos boxes e levando uma volta dos líderes de sua categoria.
À medida que o pelotão da frente ia se aproximando dos retardatários a corrida começava a se bagunçar. Bruno Miranda perdeu toda sua vantagem quando chegou em um grupo de GTs. Porém o grande beneficiado nem foi Matheussi, que também teve de segurar o ritmo e viu o outro Bruno, o Fernandes, passar por ele de passagem.
Cadu aparenta ter problemas e perde ritmo. Alisson Borges chega no piloto da TechForce que não esboça reação e deixa o piloto da MTech passar na curva 1. Do mesmo modo Fabricio Matheussi mergulha na curva 1 pra cima de Bruno Fernandes, que também não esboça reação e entrega a posição, passando a seguir o líder do campeonato, até que erra na freada do fim da reta oposta e perde a asa de seu carro, sendo obrigado a parar.
Restando pouco menos de 55 minutos para o fim da etapa Cadu sofre um acidente. Primeiro, após um retardatário bater no guard-rail e ser arremessado de volta pra pista, Cadu o atinge e perde o para-choques de seu Lexus. Na volta seguinte encontra João Hebert saindo dos boxes, toca o piloto, roda e bate forte, sendo atingido, ainda, por um retardatário e destruindo seu carro. O piloto tem de dar adeus a corrida e acabou ocasionando a primeira amarela da noite.
E foi nessa hora que a estratégia funcionou. Matheussi, que já tinha entrado nos boxes quando a amarela foi chamada, ficou na primeira posição. O grande destaque foi a manobra inteligentíssima de Prediger (ainda guarde mais o nome). O piloto não parou na volta destinada aos protótipos, ficou atrás do SafetyCar, ganhou o direito de dar uma volta e se realocar atrás do último de sua classe, descontando a volta que tinha tomado dos líderes, e parou assim que foi dada a relargada, caindo para o fim do pelotão porém na volta dos líderes.
A amarela juntou novamente o grid e proporcionou boas batalhas assim que a verde foi acionada. Na décima nona posição do geral uma briga de 5 GTs se formava entre Railton Melo (TechForce), Marco de Andrade (MTech), Rogerio Reis (Hornet), Gabriel Marcos (BMRS) e Luciano Rocha (268). Ao mesmo tempo a briga na ponta esquentava com Bruno Miranda partindo pra cima de Matheussi e Bruno Fernandes partiu pra cima e conquistou a terceira posição novamente em cima de Vinicius Loyola.
Thiago Procopio erra sozinho e bate forte no S de alta, danificando de vez seu carro e, para completar, sofre uma queda de conexão e abandona de vez a etapa.
Uma boa briga pela segunda posição dos GTs trazia Edgar Horst Junior (MTech), João Hebert e John Martins, até que Edgar também sofre uma queda de conexão. Pouco mais a frente mais uma mudança, Alisson, que corria sozinho, sofre acidentes seguidos e fica com seu veículo muito avariado, deixando a briga entre João e John, que na volta anterior era a briga pela terceira posição, sendo a briga da vitória.
Bruno Miranda, assim como Bruno Fernandes fez no início da corrida, aproveitou a cautela de Matheussi com o tráfego e passou para assumir a ponta da corrida. Entretanto não foi suficiente. Após a rodada de paradas nos boxes Matheussi voltou 10 segundos atrás de Bruno. Porém algo parecia estranho, já que ambos andavam juntos. E realmente tinha algo errado. Bruno tem que fazer outra parada e Fabricio vai para a ponta e Prediger (lembrou de guardar o nome?) vai para a segunda posição. Como se não fosse suficiente Bruno roda e entra nos boxes de novo e mais uma vez o pit é muito rápido. Qual seria o problema? O piloto não conseguia trocar os pneus? O fato é que Bruno não consegue seguir na prova e é obrigado a abandonar, deixando a vitória de bandeja para Matheussi, que já estava 25 pontos na frente na tabela antes da etapa e, agora, coloca as duas mãos na taça.



Uma batida de Alisson Borges a 3 minutos do fim traz a segunda e última amarela da noite.
Fabricio Matheussi vence mais uma, a terceira em quatro etapas. Bruno Fernandes fecha na segunda posição e ele, Ricardo Prediger fecha numa heroica terceira posição, que lhe rende, de quebra, a vice colocação na tabela.
Pelos GTs John Martins vence a embolada corrida e embola também na briga pelo título. João Hebert é o segundo e Cristiano Gomes (Calango) o terceiro.



Protestos e Punições
A.Borges > L.Paladino - N3 +30s - agravante, por ser na saída de box e no briefing foi notificado que quem saia dos boxes devia zelar na saída.
A.Borges > R.Prediger - N2 +20s. Toque no GTD em ultrapassagem em ponto inapropriado.
C.Maciel > W.Marote - N2 +20s. Toque no GTD em ultrapassagem.
C.Maciel > A.Borges - N3 +30s  - agravante, por ser na saída de box e no briefing foi notificado que quem saia dos boxes devia zelar na saída.
W.Marote > V.Loyola - N2 +20s - Toque no GTD em ultrapassagem.
Direção > C.Maciel - N1x2 +20s - Uso de farol para reclamação
Direção > R.Reis - ESC sem permissão.


Sanções para próxima etapa.
Alisson Borges +15 posições
Cadu Maciel  +10 posições
Rogerio Reis - Larga dos Boxes
Vinicius Loyola - Suspensão etapa de Indianapolis.

Campeonato de Pilotos
Fabricio Matheussi faz 95 pontos, e agora tem 42 de vantagem para Bruno Miranda, e precisa fazer 9 pontos para confirmar o título nas corridas restantes.


Campeonato de Equipes
RM Racing lidera com 95 pontos, enquanto a BMRS Motorsports com 69 pontos, e a Team Schnell vindo com 63 pontos.


GTD
Campeonato de Pilotos
João Hebert Santos, lidera com 71 pontos, com 21 pontos de vantagem para 50 pontos de John Martins. Edgar Horst Jr está em terceiro com 48 pontos.


Campeonato de Equipes
M Tech Academy lidera com 90 pontos, enquanto a CTE Racing Racing ficou vice lider com 74 pontos por enquanto, e a M Tech Sports fechando em terceiro com 55 pontos.


Próxima etapa.
A próxima etapa acontecerá no tradicional circuito de Indianapolis em sua versão Road Course, com transmissão ao vivo da XtremeTv ao vivo a partir das 21:30h.

Leia Mais... ►

Alexandre, Gilson e John vencem e campeonato embola



Alexandre Oliveira, Gilson Rodrigues e John Martins vencem com tranquilidade em baterias emocionantes para o pelotão do meio e disputa pelo título fica para Monza.

A quarta etapa do certame aconteceu no mítico traçado de Ímola e com 3 baterias de tirar o fôlego. O traçado, atualizado desde 2008, deixou a etapa com muitas oportunidades no grande trecho de alta velocidade.

Na classificação, o líder do campeonato John Martins da CTE crava a pole position com tempo de 1:52.423 enquanto o terceiro do campeonato Alexandre Oliveira da Herdez ficou com a segunda posição com 1:52.565, sendo os únicos a andar na cada de 1:52. A segunda fila foi formada por Cadu Maciel da TechForce e o vice-líder Ernesto Brock da CTE.


Na largada da primeira bateria um problema com John Martins e o piloto teve que abandonar a prova dando uma boa mexida no campeonato. Oliveira assumiu a ponta da prova. Pela segunda posição, Gilson Rodrigues da BSP, Cadu e Brock brigam forte no começo da bateria. No meio do pelotão vários carros trocando de posição movimentou também a tabela de classificação da corrida. Logo após a metade da bateria Emerson Czerkawsky da HVM que vinha crescendo na prova acertou Brock e o piloto da CTE bateu forte no muro e deu adeus a bateria. Logo após, Jorge Dillerva da ILO e Renzo Sanchez da MOBO Owl também se estranharam, pior para Sanchez. O grid foi se espaçando e as disputas diminuindo, no momento a disputa pela décima entre Marco de Andrade da M-Tech e Tito Tomey da MOBO Owl e Cesar Bergesch da CBR discutiram por várias voltas a posição que daria a primeira posição na bateria seguinte. No fim, Alexandre Oliveira vence com tranquilidade. Emerson Czerkawsky foi o segundo após Drive-Thru para Gilson Rodrigues que caiu para sétimo. Anderson Medeiros da BSP foi o terceiro. Marco de Andrade consegue suportar a pressão do Tomey e garantiu a ponta da segunda bateria.


Na segunda bateria Andrade mantem a ponta e Gilson Rodrigues largou bem e assumiu a segunda posição e logo após conseguiu assumir a ponta da prova e foi até o fim. Da segunda posição para trás uma fila de 8 carros muito próximos disputando ferozmente cada palmo da pista. Dani Gomes ao tentar ultrapassar o Marco se tocaram e Dani perdeu várias posições. A corrida foi se desenrolando com várias disputas concentradas no pelotão do meio. Faltando 4 minutos um entrevero entre Granado, Paulo Rodrigues acabou rodando Marco de Andrade que vinha fazendo uma boa corrida. Na ponta, Czerkawsky bem que tentou a tirar a vantagem que Gilson colocou no começo da bateria de mais de 6 segundos,mas não foi suficiente. O pelotão do meio se estabilizou com Edgar Horst Jr na M-Tech em terceiro, Alexandre em quarto e John Martins em quinto. Destaques positivos para Paulo Rodrigues da TimeXtrae com um ótimo sexto lugar.Werner Marote da Schnell foi penalizado e acabou terminando em décimo lugar, garantindo a ponta para a largada da terceira bateria.


 A derradeira já começou com uma confusão entre Cadu e Bergesch. Werner mantém a ponta com Marco Parma em segundo e Marco em terceiro. Duas voltas depois Werner cometeu um erro e John realizou a ultrapassagem e assumiu a ponta da prova. As disputas na terceira bateria não foram tão acirradas como nas outras duas. Logo após a metade Czerkawsky tira a diferença para Werner e conseguiu assumir a segunda posição, mas já longe do vencedor John Martins que venceu com certa tranauilidade. Czerkawsky fez um hattrick de segundos lugares ao chegar mais uma vez na referida posição. Werner conseguiu uma ótima terceira posição fechando o pódio. Destaque para Cadu Maciel que após dois abandonos conseguiu arrancar um nono lugar depois de largar de último. A vitória de John stava assegurada, mas o não envio do log para a Administração da liga lhe rendeu uma desqualificação. Com isso Czerkawsky herdou a vitória com Werner Marote em segundo e Gilson Rodrigues em terceiro.


Protestos e punições:
Bateria 3
A.Oliveira > M.de Andrade - N2 +20s
A.Oliveira > C.Maciel - N2 +20s
E.Horst Jr > P.Rodrigues - N2 +20s - inversão de situação, ao ver o protesto foi constatado que o culpado do Lance na verdade foi Edgar.


Após três baterias movimentadíssimas, o campeonato de pilotos embola para a etapa final. Emerson Czerkawsky assume a liderança do campeonato com 168 pontos seguido por Alexandre Oliveira com 161 pontos e John Martins que com a desclassificação está em terceiro com 150 pontos.


Já pelas equipes, onde apenas o melhor colocado pontua, a HVM é a líder com 196 pontos, seguido por CTE Racing HVM e Herdez Competition com 194 e 162 pontos.


Já nos construtores, a Alfa Romeo segue lider com 240 pontos, praticamente campeã, já a VolksWagen é vice lider com 212 e a Opel em terceiro com 177.


A última etapa desse eletrizante campeonato será em outro palco tradicionalíssimo do automobilismo mundial e ainda na Itália, em Monza e você não pode perder no dia 19/10 ao vivo pelo webcanalXtreme TV!

Leia Mais... ►

T4 2018 - Inscrições Mazda MX5 Cup


A VORC Series terá sua T4 com a continuidade de Campeonatos e eventos.
Uma novidade substituindo a TCR Series temporariamente é a Mazda MX5 Cup, carro mais que conhecido no mundo do AV por sua versão do Iracing e no Asseto Corsa, agora chegando ao AMS, após a Rebellion fazer o mod, a liga deu uma leve trabalhada na fisica. A categoria contará com duas baterias e estratégias onde o piloto terá de optar em fazer um pit obrigatório em uma das duas paradas.

A Mazda MX5 Cup, integrante da grade de competições da VORC Series, no qual ocorrerão 3 etapa de acordo com as regras abaixo:

Inscrições:
Templates:
Mod:
Carset:
TrackPack: V3
Sistema Anticheater: (obrigatório todos ter instalado)
Sistema de bandeira amarela: (obrigatório todos ter configurado)

Lista de Inscritos 31/32 vagas



HORARIOS
Largada Teste –20:50h
Briefing –21:00h
Fim de Briefing – 21:30h
Qualifing – 21:32h
Warm Up – 21:42h
Corrida – ~21:45h *Baseado no horário de Brasília (GMT-3)

DURAÇÃO DO EVENTO
Qualifing – 6 minutos (Com limite de 4 voltas no total) (Privado)
Warm Up – 3 minutos
Corrida – 2x de 30 minutos. 1 pit obrigatório em qualquer bateria, podendo ser de troca de pneus ou reabastecimento. com inversão de Grid dos 10 primeiros
Vagas - 32 vagas

16/11 - Summit Point
30/11 - New Jersey Motorsports
14/12 - Sonoma Short

CONFIGURAÇÔES DO SERVIDOR
Horário servidor: 14h e 17h
Bandeiras: Somente Preta 
Tipo de largada: Apresentação/Parada
Câmeras: Cockpit/TV do Cockpit
Setup fixo: Não
Parque Fechado: Não
Parada Obrigatória: Sim (1 parada em qualquer bateria)
Danos Carro: 100%
Combustível: X1
Consumo pneus: x1 
Aceleração Tempo: 1x
Falhas mecânicas: Normal
ABS: Mínimo TC: Minimo
Embreagem: Permitido
Emborrachamento: Normal
Condição da Pista: Normal
Jogos de Pneus: x10

PONTUAÇÃO
01º - 25 pontos
02º - 20 pontos
03º - 16 pontos
04º - 13 pontos
05º - 11 pontos
06º - 10 pontos
07º - 09 pontos
08º - 08 pontos
09º - 07 pontos
10º - 06 pontos
11º - 05 pontos
12º - 04 pontos
13º - 03 pontos
14º - 02 pontos
15º - 01 ponto

DIREÇÃO DE PROVA E PENALIZAÇÕES APLICADAS AO PILOTO
Toda etapa da categoria será passível de análise e penalizações das infrações ocorridas. A Direção de Prova ocorrerá pós-corrida de acordo com as regras previstas nos itens de penalizações.
Salvo casos de força maior onde poderá ser colocado uma direção em caráter de emergência.

BANDEIRA AMARELA
Nesta cateria não temos bandeira amarelas com SC.
ESCOLHAS DOS CARROS
O Campeonato tem uma configuração monomarca.

PILOTOS
Todo piloto, ao contratar o serviço, está de acordo com o regulamento e as regras vigentes, estando inclusive sujeito ás punições que por ventura vier a sofrer ao incorrer em alguma infração.

CAMPEONATO DE PILOTOS
O campeonato de pilotos ocorre entre todos os pilotos inscritos na categoria, e o vencedor sairá da soma dos pontos obtidos nas 6 etapas, Não há descarte de resultados no regulamento.

ACESSO E/OU SUBSTITUIÇÃO DE PILOTO
Tanto o acesso como a substituição de pilotos na competição, só será permitido com a prévia análise da administração da categoria e se realizados até a 2ª etapa da temporada. A partir desta, somente pilotos que já participaram ao menos de uma etapa do campeonato.
A Liga se dá ao direito de ter 24 horas de antecedência para liberar ou não um piloto substituto, onde a mesma analisará se o piloto estará apto a correr o fato do piloto ter voltas no servidor pode ser um ponto de facilitação para a liberação, será aceito substituições de aviso até 23:59 do dia anterior a corrida. Fora deste horário previsto não será permitido.
Serão aceitos apenas os avisos feitos pelo formulário da liga neste link
https://docs.google.com/forms/d/1d0oaCkoKIBEUva0ieFWXTO3LlfzeizNLelPMPItv-ww/edit

EQUIPES 
As equipes devem ser compostas por no mínimo 1 e no máximo 2 pilotos.  As equipes participantes poderão inscrever subequipes na mesma competição.
A equipes devem conter o mesmo modelo de carro.

CAMPEONATO DE EQUIPES
O campeonato de equipes ocorre entre todas as equipes inscritas na categoria, e a campeã sairá dos pontos obtidos pelo melhor carro em cada etapa, sendo somada ao longo das 3 etapas.

PREMIAÇÃO
Serão oferecidos ao final da competição prevista, troféus comemorativos para o campeão. Vice e terceiro colocado. Equipe campeã recebe troféu.

ENVIO DE LOG
Os 3 primeiros colocados tem a obrigação de enviar o log do DAP para o email até 23:59 do dia seguinte a etapa: emerson.csantos@yahoo.com.ar

Como instalar o DAP é aqui:
http://vorc.blogspot.com/2018/04/data-acquisition-plugin-nova-ferramenta.html

PUNIÇÕES
Tipos de infrações
Informal
 – 5 segundos
Cut Track (quando houver necessidade de analise manual)
*Em caso de estouro a cima de 60 segundo o piloto é desclassificado da etapa.
 
Leve – 10 segundos (1 pontos na carteira)
- Entrar ou sair dos boxes sem respeitar a linha demarcada
- Trocar de faixa de direção mais de uma vez ao defender a posição
- Realizar ultrapassagem irregular estando em disputa por posição
- Não respeitar a sinalização de Bandeira Azul
Chat durante sessão oficial (Classificação e Corrida)
- Uso de farol para reclamação
- Defesa de posição forçando situação perigosa.

*O Chat é oficialmente proibido para xingamentos, comemorações antes do encerramento da etapa. Esses casos são punidos.
É considerado o caso em situações de emergência como notificações a direção de prova, ainda sim, se recomenda que o piloto ao invés de usar o chat utilize o mesmo botão de chamar o diretor de provas para abandono

Média – 20 segundos (2 pontos na carteira)
- Permanecer em pista com o carro danificado causando risco aos oponentes
- Causar acidente estando ou não em disputa por posição
- Causar acidente em ultrapassagem sendo retardatário
- Causar acidente na ultrapassagem sobre retardatário
- Realizar ultrapassagem durante a presença do Safety-Car na pista
- Realizar pit-stop durante a presença do Safety-Car na pista (salvo quando autorizado)
- Causar acidente após o encerramento da corrida
- Batida por trás
- Empurrão lateral.

Pesada -  30 segundos (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar qualquer procedimento geral não previsto anteriormente que foi acertado no Briefing oficial da etapa
- Condutas Antidesportivas (Penalização será definida pela direção de prova)
- Causar acidente ao manobrar ou retornar de forma imprudente a pista - Causar acidente removendo mais de uma adversário da pista
- Causar Acidente durante a presença de Safety-Car

- Em caso de um piloto não completar a prova e ser punido, o mesmo fica perde posições no grid de largada.
Leve – 5 posições
Media -10 posições
Pesada – 15 posições

*Em caso de punição duplicada, a perde de grid também é duplicada.

 Acúmulo de penalizações: CARTEIRA DE PONTOS
- O piloto tem uma carteira de pontos com cada tipo de punição valendo de 2, 4 ou 6 pontos conforma a gravidade dos lances

- 06 pontos alcançados o piloto fica sem qualifiyng na etapa seguinte
- 08 pontos alcançados o piloto largará dos boxes na etapa seguinte
- 10 pontos alcançados o piloto ficará suspenso por uma etapa (em caso de campeonato de baterias é 1 bateria)
- 12 pontos alcançados o piloto será excluído do campeonato.

Partir da T3 ao final da temporada a liga removerá apenas 50% dos pontos do piloto na carteira, com isso ele leva a T4 50% dos pontos que tiver na carteira para a outra temporada, quando o ano termina, as carteiras são zeradas*

A Carteira leva em consideração o campeonato disputado ou o subsequente substituto do campeonato na temporada seguinte, e não todos os campeonatos de uma vez.

Protestos
O piloto que quiser fazer um protesto pode fazer até 24h após o evento, preenchendo o seguinte formulário.
https://docs.google.com/forms/d/1WC308GR__1QVh25zdgP-M64XrW84x-s7qUG-NIwcWrg/edit

o piloto pode optar por usar o replay oficial ou o seu caso não possa esperar a liberação do oficial, porém fica o adendo que será considerado os dados do replay oficial para análise dos lances.
Leia Mais... ►

T4 2018 - Inscrições Indycar Series


A VORC Series terá sua T4 com a continuidade de Campeonatos e eventos.
A Indycar Series segue em sua grade, para um torneio em sua T4, a categoria que vem gerando boas corridas, chega a uma segunda temporada repleta de disputas.

A Indycar Series, integrante da grade de competições da VORC Series, no qual ocorrerão 3 etapa de acordo com as regras abaixo:

Inscrições:
Templates:
Mod:
Carset:V2
TrackPack:
Sistema Anticheater: (obrigatório todos ter instalado)
Sistema de bandeira amarela: (obrigatório todos ter configurado)

Lista de Inscritos 19/32 vagas



HORARIOS
Largada Teste –20:50h
Briefing –21:00h
Fim de Briefing – 21:30h
Qualifing – 21:32h
Warm Up – 21:42h
Corrida – ~21:45h *Baseado no horário de Brasília (GMT-3)

DURAÇÃO DO EVENTO
Qualifing – 6 minutos (Com limite de 4 voltas no total) (Privado)
Warm Up – 3 minutos
Corrida – 1x de 60 minutos
Vagas - 32 vagas

15/11 - Long Beach
29/11 - Iowa Speedway
13/12 - Sonoma

CONFIGURAÇÔES DO SERVIDOR
Horário servidor: 14h
Bandeiras: Somente Preta (porém com SC manual)
Tipo de largada: Apresentação/Em movimento
Câmeras: Cockpit/TV do Cockpit
Setup fixo: Sim
Parque Fechado: Não
Parada Obrigatória: Sim, Em mistos obrigatório uso de 2 compostos de pneus na corrida.
Danos Carro: 100%
Combustível: X2
Consumo pneus: x1 
Aceleração Tempo: 1x
Falhas mecânicas: Normal
ABS: Mínimo 
TC: Minimo
Embreagem: Permitido
Emborrachamento: Normal
Condição da Pista: Normal
Jogos de Pneus: x10

PONTUAÇÃO
01º - 25 pontos
02º - 20 pontos
03º - 16 pontos
04º - 13 pontos
05º - 11 pontos
06º - 10 pontos
07º - 09 pontos
08º - 08 pontos
09º - 07 pontos
10º - 06 pontos
11º - 05 pontos
12º - 04 pontos
13º - 03 pontos
14º - 02 pontos
15º - 01 ponto

DIREÇÃO DE PROVA E PENALIZAÇÕES APLICADAS AO PILOTO
Toda etapa da categoria será passível de análise e penalizações das infrações ocorridas. A Direção de Prova ocorrerá pós-corrida de acordo com as regras previstas nos itens de penalizações.
Salvo casos de força maior onde poderá ser colocado uma direção em caráter de emergência.

BANDEIRA AMARELA
A Bandeira amarela na VORC Series se ocorre por meio virtual, usando o safety car humano em virtude de muitas vezes o nativo do jogo gerar problemas ou situações erradas. Com isso usamos este sistema.
Os pilotos devem configurar um botão para chamar o diretor de provas e ter a permissão para abandonar a etapa.
Aqui tem um tutorial de como fazer:
https://drive.google.com/open?id=1xYaABxnXXVld5PLqiPNikFggSzLHNVUF

*O não cumprimento a esta regra inflige em uma punição ao piloto de ter de largar dos boxes, em caso de reincidência uma etapa de suspensão e em terceiro caso exclusão do campeonato e 1 ano de suspensão em competições da VORC Series.

ESCOLHAS DOS CARROS
O Campeonato tem uma configuração multimarca, porém são de física similares, a escolha á aberta por ordem de inscrição, lembrando que cada equipe deve ter o mesmo modelo de carros, podendo a subequipe ter outro modelo de carro.

PILOTOS
Todo piloto, ao contratar o serviço, está de acordo com o regulamento e as regras vigentes, estando inclusive sujeito ás punições que por ventura vier a sofrer ao incorrer em alguma infração.

CAMPEONATO DE PILOTOS
O campeonato de pilotos ocorre entre todos os pilotos inscritos na categoria, e o vencedor sairá da soma dos pontos obtidos nas 6 etapas, Não há descarte de resultados no regulamento.

ACESSO E/OU SUBSTITUIÇÃO DE PILOTO
Tanto o acesso como a substituição de pilotos na competição, só será permitido com a prévia análise da administração da categoria e se realizados até a 2ª etapa da temporada. A partir desta, somente pilotos que já participaram ao menos de uma etapa do campeonato.
A Liga se dá ao direito de ter 24 horas de antecedência para liberar ou não um piloto substituto, onde a mesma analisará se o piloto estará apto a correr o fato do piloto ter voltas no servidor pode ser um ponto de facilitação para a liberação, será aceito substituições de aviso até 23:59 do dia anterior a corrida. Fora deste horário previsto não será permitido.
Serão aceitos apenas os avisos feitos pelo formulário da liga neste link
https://docs.google.com/forms/d/1d0oaCkoKIBEUva0ieFWXTO3LlfzeizNLelPMPItv-ww/edit

EQUIPES 
As equipes devem ser compostas por no mínimo 1 e no máximo 2 pilotos.  As equipes participantes poderão inscrever subequipes na mesma competição.
A equipes devem conter o mesmo modelo de carro.

CAMPEONATO DE EQUIPES
O campeonato de equipes ocorre entre todas as equipes inscritas na categoria, e a campeã sairá dos pontos obtidos pelo melhor carro em cada etapa, sendo somada ao longo das 3 etapas.

PREMIAÇÃO
Serão oferecidos ao final da competição prevista, troféus comemorativos para o campeão. Vice e terceiro colocado. Equipe campeã recebe troféu.

ENVIO DE LOG
Os 3 primeiros colocados tem a obrigação de enviar o log do DAP para o email até 23:59 do dia seguinte a etapa: emerson.csantos@yahoo.com.ar

Como instalar o DAP é aqui:
http://vorc.blogspot.com/2018/04/data-acquisition-plugin-nova-ferramenta.html

PUNIÇÕES
Tipos de infrações
Informal
 – 5 segundos
Cut Track (quando houver necessidade de analise manual)
*Em caso de estouro a cima de 60 segundo o piloto é desclassificado da etapa.
 
Leve – 10 segundos (1 pontos na carteira)
- Entrar ou sair dos boxes sem respeitar a linha demarcada
- Trocar de faixa de direção mais de uma vez ao defender a posição
- Realizar ultrapassagem irregular estando em disputa por posição
- Não respeitar a sinalização de Bandeira Azul
Chat durante sessão oficial (Classificação e Corrida)
- Uso de farol para reclamação
- Defesa de posição forçando situação perigosa.

*O Chat é oficialmente proibido para xingamentos, comemorações antes do encerramento da etapa. Esses casos são punidos.
É considerado o caso em situações de emergência como notificações a direção de prova, ainda sim, se recomenda que o piloto ao invés de usar o chat utilize o mesmo botão de chamar o diretor de provas para abandono

Média – 20 segundos (2 pontos na carteira)
- Permanecer em pista com o carro danificado causando risco aos oponentes
- Causar acidente estando ou não em disputa por posição
- Causar acidente em ultrapassagem sendo retardatário
- Causar acidente na ultrapassagem sobre retardatário
- Realizar ultrapassagem durante a presença do Safety-Car na pista
- Realizar pit-stop durante a presença do Safety-Car na pista (salvo quando autorizado)
- Causar acidente após o encerramento da corrida
- Batida por trás
- Empurrão lateral.

Pesada -  30 segundos (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar qualquer procedimento geral não previsto anteriormente que foi acertado no Briefing oficial da etapa
- Condutas Antidesportivas (Penalização será definida pela direção de prova)
- Causar acidente ao manobrar ou retornar de forma imprudente a pista - Causar acidente removendo mais de uma adversário da pista
- Causar Acidente durante a presença de Safety-Car

- Em caso de um piloto não completar a prova e ser punido, o mesmo fica perde posições no grid de largada.
Leve – 5 posições
Media -10 posições
Pesada – 15 posições

*Em caso de punição duplicada, a perde de grid também é duplicada.

 Acúmulo de penalizações: CARTEIRA DE PONTOS
- O piloto tem uma carteira de pontos com cada tipo de punição valendo de 2, 4 ou 6 pontos conforma a gravidade dos lances

- 06 pontos alcançados o piloto fica sem qualifiyng na etapa seguinte
- 08 pontos alcançados o piloto largará dos boxes na etapa seguinte
- 10 pontos alcançados o piloto ficará suspenso por uma etapa (em caso de campeonato de baterias é 1 bateria)
- 12 pontos alcançados o piloto será excluído do campeonato.

Partir da T3 ao final da temporada a liga removerá apenas 50% dos pontos do piloto na carteira, com isso ele leva a T4 50% dos pontos que tiver na carteira para a outra temporada, quando o ano termina, as carteiras são zeradas*

A Carteira leva em consideração o campeonato disputado ou o subsequente substituto do campeonato na temporada seguinte, e não todos os campeonatos de uma vez.

Protestos
O piloto que quiser fazer um protesto pode fazer até 24h após o evento, preenchendo o seguinte formulário.
https://docs.google.com/forms/d/1WC308GR__1QVh25zdgP-M64XrW84x-s7qUG-NIwcWrg/edit

o piloto pode optar por usar o replay oficial ou o seu caso não possa esperar a liberação do oficial, porém fica o adendo que será considerado os dados do replay oficial para análise dos lances.
Leia Mais... ►

T4 2018 - 2 horas de Buenos Aires


A VORC Series terá sua T4 com a continuidade de Campeonatos e eventos.
A Novidade é a Turismo Argentino, carro mitico do automobilismo de lá, e que fará parte de um grande evento.
As 2h de Buenos Aires, integrante da grade de competições da VORC Series, no qual ocorrerão 1 etapa de acordo com as regras abaixo:

Inscrições:
Templates:
Mod:
Carset:
Sistema Anticheater: (obrigatório todos ter instalado)
Sistema de bandeira amarela: (obrigatório todos ter configurado)
Numeração:

Lista de Inscritos 32/32 vagas



HORARIOS
Largada Teste –20:50h
Briefing –21:00h
Fim de Briefing – 21:30h
Qualifing – 21:32h
Warm Up – 21:42h
Corrida – ~21:45h *Baseado no horário de Brasília (GMT-3)

DURAÇÃO DO EVENTO
Qualifing – 6 minutos (Com limite de 4 voltas no total) (Privado)
Warm Up – 3 minutos
Corrida – 1x de 120 minutos
Vagas - 32 vagas

07/12 – Buenos Aires Nº12

CONFIGURAÇÔES DO SERVIDOR
Horário servidor: 14h
Bandeiras: Somente Preta (porém com SC manual)
Tipo de largada: Apresentação/Em Movimento
Câmeras: Cockpit/TV do Cockpit
Setup fixo: Não
Parque Fechado: Não
Parada Obrigatória: Não
Danos Carro: 100%
Combustível: X1
Consumo pneus: x1 
Aceleração Tempo: 1x
Falhas mecânicas: Normal
ABS: Mínimo 
TC: Minimo
Embreagem: Permitido
Emborrachamento: Normal
Condição da Pista: Normal
Jogos de Pneus: x10
DIREÇÃO DE PROVA E PENALIZAÇÕES APLICADAS AO PILOTO
Toda etapa da categoria será passível de análise e penalizações das infrações ocorridas. A Direção de Prova ocorrerá pós-corrida de acordo com as regras previstas nos itens de penalizações.
Salvo casos de força maior onde poderá ser colocado uma direção em caráter de emergência.

BANDEIRA AMARELA
A Bandeira amarela na VORC Series se ocorre por meio virtual, usando o safety car humano em virtude de muitas vezes o nativo do jogo gerar problemas ou situações erradas. Com isso usamos este sistema.
Os pilotos devem configurar um botão para chamar o diretor de provas e ter a permissão para abandonar a etapa.
Aqui tem um tutorial de como fazer:
https://drive.google.com/open?id=1xYaABxnXXVld5PLqiPNikFggSzLHNVUF

*O não cumprimento a esta regra inflige em uma punição ao piloto de ter de largar dos boxes, em caso de reincidência uma etapa de suspensão e em terceiro caso exclusão do campeonato e 1 ano de suspensão em competições da VORC Series.

ESCOLHAS DOS CARROS
Escolha livre no Ato de Inscrição

PILOTOS
Todo piloto, ao contratar o serviço, está de acordo com o regulamento e as regras vigentes, estando inclusive sujeito ás punições que por ventura vier a sofrer ao incorrer em alguma infração.

EQUIPES 
As equipes devem ser compostas por no mínimo 1 e no máximo 2 pilotos.  As equipes participantes poderão inscrever subequipes na mesma competição.
A equipes devem conter o mesmo modelo de carro.

PREMIAÇÃO
Serão oferecidos ao final da competição prevista, troféus comemorativos para o campeão. Vice e terceiro colocado. 

ENVIO DE LOG
Os 3 primeiros colocados tem a obrigação de enviar o log do DAP para o email até 23:59 do dia seguinte a etapa: emerson.csantos@yahoo.com.ar

Como instalar o DAP é aqui:
http://vorc.blogspot.com/2018/04/data-acquisition-plugin-nova-ferramenta.html

PUNIÇÕES
Tipos de infrações
Informal
 – 5 segundos
Cut Track (quando houver necessidade de analise manual)
*Em caso de estouro a cima de 60 segundo o piloto é desclassificado da etapa.
 
Leve – 10 segundos (1 pontos na carteira)
- Entrar ou sair dos boxes sem respeitar a linha demarcada
- Trocar de faixa de direção mais de uma vez ao defender a posição
- Realizar ultrapassagem irregular estando em disputa por posição
- Não respeitar a sinalização de Bandeira Azul
Chat durante sessão oficial (Classificação e Corrida)
- Uso de farol para reclamação
- Defesa de posição forçando situação perigosa.

*O Chat é oficialmente proibido para xingamentos, comemorações antes do encerramento da etapa. Esses casos são punidos.
É considerado o caso em situações de emergência como notificações a direção de prova, ainda sim, se recomenda que o piloto ao invés de usar o chat utilize o mesmo botão de chamar o diretor de provas para abandono

Média – 20 segundos (2 pontos na carteira)
- Permanecer em pista com o carro danificado causando risco aos oponentes
- Causar acidente estando ou não em disputa por posição
- Causar acidente em ultrapassagem sendo retardatário
- Causar acidente na ultrapassagem sobre retardatário
- Realizar ultrapassagem durante a presença do Safety-Car na pista
- Realizar pit-stop durante a presença do Safety-Car na pista (salvo quando autorizado)
- Causar acidente após o encerramento da corrida
- Batida por trás
- Empurrão lateral.

Pesada -  30 segundos (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar qualquer procedimento geral não previsto anteriormente que foi acertado no Briefing oficial da etapa
- Condutas Antidesportivas (Penalização será definida pela direção de prova)
- Causar acidente ao manobrar ou retornar de forma imprudente a pista - Causar acidente removendo mais de uma adversário da pista
- Causar Acidente durante a presença de Safety-Car

- Em caso de um piloto não completar a prova e ser punido, o mesmo fica perde posições no grid de largada.
Leve – 5 posições
Media -10 posições
Pesada – 15 posições

*Em caso de punição duplicada, a perde de grid também é duplicada.

 Acúmulo de penalizações: CARTEIRA DE PONTOS
- O piloto tem uma carteira de pontos com cada tipo de punição valendo de 2, 4 ou 6 pontos conforma a gravidade dos lances

- 06 pontos alcançados o piloto fica sem qualifiyng na etapa seguinte
- 08 pontos alcançados o piloto largará dos boxes na etapa seguinte
- 10 pontos alcançados o piloto ficará suspenso por uma etapa (em caso de campeonato de baterias é 1 bateria)
- 12 pontos alcançados o piloto será excluído do campeonato.

Partir da T3 ao final da temporada a liga removerá apenas 50% dos pontos do piloto na carteira, com isso ele leva a T4 50% dos pontos que tiver na carteira para a outra temporada, quando o ano termina, as carteiras são zeradas*

A Carteira leva em consideração o campeonato disputado ou o subsequente substituto do campeonato na temporada seguinte, e não todos os campeonatos de uma vez.

Protestos
O piloto que quiser fazer um protesto pode fazer até 24h após o evento, preenchendo o seguinte formulário.
https://docs.google.com/forms/d/1WC308GR__1QVh25zdgP-M64XrW84x-s7qUG-NIwcWrg/edit

o piloto pode optar por usar o replay oficial ou o seu caso não possa esperar a liberação do oficial, porém fica o adendo que será considerado os dados do replay oficial para análise dos lances.

Leia Mais... ►

T4 2018 - 2 horas de Tarumã



A VORC Series terá sua T4 com a continuidade de Campeonatos e eventos.
Depois do Sucesso da Cascavel de Ouro, a VORC Series resolveu dar continuidade a um evento do tipo, desta vez com as 2h de Tarumã, com os TC Classics.

As 2h de Tarumã, integrante da grade de competições da VORC Series, no qual ocorrerão 1 etapa de acordo com as regras abaixo:

Inscrições:
Templates: É o mesmo da Cascavel de Ouro, mas com pequenas mudanças em logos obrigatórios
Mod: Arquivo obrigatório para entrar no servidor
Carset:
Sistema Anticheater: (obrigatório todos ter instalado)
Sistema de bandeira amarela: (obrigatório todos ter configurado)
Numeração:

Lista de Inscritos 32/32 vagas



HORARIOS
Largada Teste –20:50h
Briefing –21:00h
Fim de Briefing – 21:30h
Qualifing – 21:32h
Warm Up – 21:42h
Corrida – ~21:45h *Baseado no horário de Brasília (GMT-3)

DURAÇÃO DO EVENTO
Qualifing – 6 minutos (Com limite de 4 voltas no total) (Privado)
Warm Up – 3 minutos
Corrida – 1x de 120 minutos
Vagas - 32 vagas

23/11 – Tarumã

CONFIGURAÇÔES DO SERVIDOR
Horário servidor: 17h
Bandeiras: Somente Preta (porém com SC manual)
Tipo de largada: Apresentação/Parada
Câmeras: Cockpit/TV do Cockpit
Setup fixo: Não
Parque Fechado: Não
Parada Obrigatória: Não
Danos Carro: 100%
Combustível: X2
Consumo pneus: x2 
Aceleração Tempo: 1x
Falhas mecânicas: Normal
ABS: Não 
TC: Não
Embreagem: Permitido
Emborrachamento: Normal
Condição da Pista: Normal
Jogos de Pneus: x10

DIREÇÃO DE PROVA E PENALIZAÇÕES APLICADAS AO PILOTO
Toda etapa da categoria será passível de análise e penalizações das infrações ocorridas. A Direção de Prova ocorrerá pós-corrida de acordo com as regras previstas nos itens de penalizações.
Salvo casos de força maior onde poderá ser colocado uma direção em caráter de emergência.

BANDEIRA AMARELA
A Bandeira amarela na VORC Series se ocorre por meio virtual, usando o safety car humano em virtude de muitas vezes o nativo do jogo gerar problemas ou situações erradas. Com isso usamos este sistema.
Os pilotos devem configurar um botão para chamar o diretor de provas e ter a permissão para abandonar a etapa.
Aqui tem um tutorial de como fazer:
https://drive.google.com/open?id=1xYaABxnXXVld5PLqiPNikFggSzLHNVUF

*O não cumprimento a esta regra inflige em uma punição ao piloto de ter de largar dos boxes, em caso de reincidência uma etapa de suspensão e em terceiro caso exclusão do campeonato e 1 ano de suspensão em competições da VORC Series.

ESCOLHAS DOS CARROS
Escolha livre no Ato de Inscrição

PILOTOS
Todo piloto, ao contratar o serviço, está de acordo com o regulamento e as regras vigentes, estando inclusive sujeito ás punições que por ventura vier a sofrer ao incorrer em alguma infração.

EQUIPES 
As equipes devem ser compostas por no mínimo 1 e no máximo 2 pilotos.  As equipes participantes poderão inscrever subequipes na mesma competição.
A equipes devem conter o mesmo modelo de carro.

PREMIAÇÃO
Serão oferecidos ao final da competição prevista, troféus comemorativos para o campeão. Vice e terceiro colocado. 

ENVIO DE LOG
Os 3 primeiros colocados tem a obrigação de enviar o log do DAP para o email até 23:59 do dia seguinte a etapa: emerson.csantos@yahoo.com.ar

Como instalar o DAP é aqui:
http://vorc.blogspot.com/2018/04/data-acquisition-plugin-nova-ferramenta.html

PUNIÇÕES
Tipos de infrações
Informal
– 5 segundos
Cut Track (quando houver necessidade de analise manual)
*Em caso de estouro a cima de 60 segundo o piloto é desclassificado da etapa.
 
Leve – 10 segundos (1 pontos na carteira)
- Entrar ou sair dos boxes sem respeitar a linha demarcada
- Trocar de faixa de direção mais de uma vez ao defender a posição
- Realizar ultrapassagem irregular estando em disputa por posição
- Não respeitar a sinalização de Bandeira Azul
- Chat durante sessão oficial (Classificação e Corrida)
- Uso de farol para reclamação
- Defesa de posição forçando situação perigosa.

*O Chat é oficialmente proibido para xingamentos, comemorações antes do encerramento da etapa. Esses casos são punidos.
É considerado o caso em situações de emergência como notificações a direção de prova, ainda sim, se recomenda que o piloto ao invés de usar o chat utilize o mesmo botão de chamar o diretor de provas para abandono

Média – 20 segundos (2 pontos na carteira)
- Permanecer em pista com o carro danificado causando risco aos oponentes
- Causar acidente estando ou não em disputa por posição
- Causar acidente em ultrapassagem sendo retardatário
- Causar acidente na ultrapassagem sobre retardatário
- Realizar ultrapassagem durante a presença do Safety-Car na pista
- Realizar pit-stop durante a presença do Safety-Car na pista (salvo quando autorizado)
- Causar acidente após o encerramento da corrida
- Batida por trás
- Empurrão lateral.

Pesada -  30 segundos (3 pontos na carteira)
- Desrespeitar qualquer procedimento geral não previsto anteriormente que foi acertado no Briefing oficial da etapa
- Condutas Antidesportivas (Penalização será definida pela direção de prova)
- Causar acidente ao manobrar ou retornar de forma imprudente a pista - Causar acidente removendo mais de uma adversário da pista
- Causar Acidente durante a presença de Safety-Car

- Em caso de um piloto não completar a prova e ser punido, o mesmo fica perde posições no grid de largada.
Leve – 5 posições
Media -10 posições
Pesada – 15 posições

*Em caso de punição duplicada, a perde de grid também é duplicada.

 Acúmulo de penalizações: CARTEIRA DE PONTOS
- O piloto tem uma carteira de pontos com cada tipo de punição valendo de 2, 4 ou 6 pontos conforma a gravidade dos lances

- 06 pontos alcançados o piloto fica sem qualifiyng na etapa seguinte
- 08 pontos alcançados o piloto largará dos boxes na etapa seguinte
- 10 pontos alcançados o piloto ficará suspenso por uma etapa (em caso de campeonato de baterias é 1 bateria)
- 12 pontos alcançados o piloto será excluído do campeonato.

Partir da T3 ao final da temporada a liga removerá apenas 50% dos pontos do piloto na carteira, com isso ele leva a T4 50% dos pontos que tiver na carteira para a outra temporada, quando o ano termina, as carteiras são zeradas*

A Carteira leva em consideração o campeonato disputado ou o subsequente substituto do campeonato na temporada seguinte, e não todos os campeonatos de uma vez.

Protestos
O piloto que quiser fazer um protesto pode fazer até 24h após o evento, preenchendo o seguinte formulário.
https://docs.google.com/forms/d/1WC308GR__1QVh25zdgP-M64XrW84x-s7qUG-NIwcWrg/edit

o piloto pode optar por usar o replay oficial ou o seu caso não possa esperar a liberação do oficial, porém fica o adendo que será considerado os dados do replay oficial para análise dos lances.

Leia Mais... ►