MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Alexandre, Gilson e John vencem e campeonato embola



Alexandre Oliveira, Gilson Rodrigues e John Martins vencem com tranquilidade em baterias emocionantes para o pelotão do meio e disputa pelo título fica para Monza.

A quarta etapa do certame aconteceu no mítico traçado de Ímola e com 3 baterias de tirar o fôlego. O traçado, atualizado desde 2008, deixou a etapa com muitas oportunidades no grande trecho de alta velocidade.

Na classificação, o líder do campeonato John Martins da CTE crava a pole position com tempo de 1:52.423 enquanto o terceiro do campeonato Alexandre Oliveira da Herdez ficou com a segunda posição com 1:52.565, sendo os únicos a andar na cada de 1:52. A segunda fila foi formada por Cadu Maciel da TechForce e o vice-líder Ernesto Brock da CTE.


Na largada da primeira bateria um problema com John Martins e o piloto teve que abandonar a prova dando uma boa mexida no campeonato. Oliveira assumiu a ponta da prova. Pela segunda posição, Gilson Rodrigues da BSP, Cadu e Brock brigam forte no começo da bateria. No meio do pelotão vários carros trocando de posição movimentou também a tabela de classificação da corrida. Logo após a metade da bateria Emerson Czerkawsky da HVM que vinha crescendo na prova acertou Brock e o piloto da CTE bateu forte no muro e deu adeus a bateria. Logo após, Jorge Dillerva da ILO e Renzo Sanchez da MOBO Owl também se estranharam, pior para Sanchez. O grid foi se espaçando e as disputas diminuindo, no momento a disputa pela décima entre Marco de Andrade da M-Tech e Tito Tomey da MOBO Owl e Cesar Bergesch da CBR discutiram por várias voltas a posição que daria a primeira posição na bateria seguinte. No fim, Alexandre Oliveira vence com tranquilidade. Emerson Czerkawsky foi o segundo após Drive-Thru para Gilson Rodrigues que caiu para sétimo. Anderson Medeiros da BSP foi o terceiro. Marco de Andrade consegue suportar a pressão do Tomey e garantiu a ponta da segunda bateria.


Na segunda bateria Andrade mantem a ponta e Gilson Rodrigues largou bem e assumiu a segunda posição e logo após conseguiu assumir a ponta da prova e foi até o fim. Da segunda posição para trás uma fila de 8 carros muito próximos disputando ferozmente cada palmo da pista. Dani Gomes ao tentar ultrapassar o Marco se tocaram e Dani perdeu várias posições. A corrida foi se desenrolando com várias disputas concentradas no pelotão do meio. Faltando 4 minutos um entrevero entre Granado, Paulo Rodrigues acabou rodando Marco de Andrade que vinha fazendo uma boa corrida. Na ponta, Czerkawsky bem que tentou a tirar a vantagem que Gilson colocou no começo da bateria de mais de 6 segundos,mas não foi suficiente. O pelotão do meio se estabilizou com Edgar Horst Jr na M-Tech em terceiro, Alexandre em quarto e John Martins em quinto. Destaques positivos para Paulo Rodrigues da TimeXtrae com um ótimo sexto lugar.Werner Marote da Schnell foi penalizado e acabou terminando em décimo lugar, garantindo a ponta para a largada da terceira bateria.


 A derradeira já começou com uma confusão entre Cadu e Bergesch. Werner mantém a ponta com Marco Parma em segundo e Marco em terceiro. Duas voltas depois Werner cometeu um erro e John realizou a ultrapassagem e assumiu a ponta da prova. As disputas na terceira bateria não foram tão acirradas como nas outras duas. Logo após a metade Czerkawsky tira a diferença para Werner e conseguiu assumir a segunda posição, mas já longe do vencedor John Martins que venceu com certa tranauilidade. Czerkawsky fez um hattrick de segundos lugares ao chegar mais uma vez na referida posição. Werner conseguiu uma ótima terceira posição fechando o pódio. Destaque para Cadu Maciel que após dois abandonos conseguiu arrancar um nono lugar depois de largar de último. A vitória de John stava assegurada, mas o não envio do log para a Administração da liga lhe rendeu uma desqualificação. Com isso Czerkawsky herdou a vitória com Werner Marote em segundo e Gilson Rodrigues em terceiro.


Protestos e punições:
Bateria 3
A.Oliveira > M.de Andrade - N2 +20s
A.Oliveira > C.Maciel - N2 +20s
E.Horst Jr > P.Rodrigues - N2 +20s - inversão de situação, ao ver o protesto foi constatado que o culpado do Lance na verdade foi Edgar.


Após três baterias movimentadíssimas, o campeonato de pilotos embola para a etapa final. Emerson Czerkawsky assume a liderança do campeonato com 168 pontos seguido por Alexandre Oliveira com 161 pontos e John Martins que com a desclassificação está em terceiro com 150 pontos.


Já pelas equipes, onde apenas o melhor colocado pontua, a HVM é a líder com 196 pontos, seguido por CTE Racing HVM e Herdez Competition com 194 e 162 pontos.


Já nos construtores, a Alfa Romeo segue lider com 240 pontos, praticamente campeã, já a VolksWagen é vice lider com 212 e a Opel em terceiro com 177.


A última etapa desse eletrizante campeonato será em outro palco tradicionalíssimo do automobilismo mundial e ainda na Itália, em Monza e você não pode perder no dia 19/10 ao vivo pelo webcanalXtreme TV!