MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Sobreviventes do caos em Long Beach.



Em etapa de sobrevivência em pleno feriadão, A Indycar Series entrou em atividades para a sua T4 com 17 carros no circuito de rua de Long Beach. Com bastante amarelas e acidentes o final foi surpreendente e disputado

Qualifying
Diego Said vinha como um dos mais rápidos da pista, com o piloto da Black Wings RT fazendo a pole com 1:06,704, seguido do rookie Arthur Targa da BSP Racing, o argentino Tonga Guardia agora correndo pela HVM Racing Team abriu a segunda fila, seguido de Ernesto Brock, correndo pela co-irmã CTE Racing HVM.


Corrida
A corrida teve inicio com largada de segurança em virtude do ultimo hairpin ser uma complicação para  a largada em fila dupla, com isso Diego Said seguiu na ponta na largada, mas logo na metade da volta um acidente entre Paulo Rodrigues e Thiago Luiz causou a primeira amarela da corrida.
Na segunda parte Diego Said seguiu líder da corrida até a volta 15 quando Tonga Guardia aproveitou para assumir a ponta da prova, mas logo na sequencia perdendo ao ir aos boxes em uma amarela, Ernesto brock ainda liderou a prova por duas voltas.
Outro destaque vinha sendo Leonardo Lopes que em seu retorno ao automobilismo virtual, vinha fazendo uma corrida tímida, mas sempre entre os 10 primeiros.
Os acidentes iam acontecendo e na 30ª volta da corrida apenas 6 carros seguiam na pista, sendo pela ordem, Guardia – Said – Lopes – Targa – Brock – Spindola.
Na parte final da prova, apenas quatro carros continuavam na prova após na ultima amarela Givaldo Spindola abandonar, a relargada na parte final foi emocionante com Tonga Guardia tendo de fazer um pit stop na ultima volta para repor o aerofólio dianteiro conforme o regulamento.
Diego Said venceu na pista com meio segundo de vantagem para Targa, e Brock fechando em terceiro.
Ao final da prova uma analise da direção de provas sobre o respeito da linha vermelha da curva 1 Diego Said acabou perdendo a vitória para Ernesto Brock da CTE Racing HVM, Tonga Guardia pulou para segundo com Said em terceiro fechando o pódio da etapa.


Punições e Protestos:
Corte de linha curva 1: (excedentes de 3 permitidos)
Martin Rossi - 1x = 5s
Arthur Targa - 7x = 35s
Leonardo Lopes - 2x = 10s
Diego Said -2x = 10s
Tonga Guardia - 1x = 5s

Corte saida de boxes:
Paulo Rodrigues - 1x = 10s N1 +1pts na carteira
Regis Brites - 4x = 40s N1 +4pts na carteira
Givaldo Spindola - 2x N1 +2 pts na carteira

Carteira:


Punições para a próxima etapa:

Thiago Luiz +1 posição
Regis Brites +4 posições
Givaldo Spindola +2 posições

Campeonato de Pilotos:
Ernesto Brock começa o campeonato como líder, fazendo 25 pontos, contra 20 de Tonga Guardia e Diego Said fazendo 16 pontos.


Campeonato de Equipes:
CTE Racing HVM assume a ponta com 25 pontos, a HVM Racing fez 20 e a Black Wings RT começa o campeonato com 16 pontos feitos por Said.


Próxima etapa:
O Autodromo construído em 2006 abrigará a segunda etapa do campeonato, sendo um oval curto, será a primeira vez que os pilotos usaram o Kit de Short Oval com os Dallara IR18 na categoria.
A etapa será realizada no dia 29/12 as 21:30h e terá transmissão ao vivo pela XtremeTv
Vt da Etapa


Nenhum comentário:

Postar um comentário