MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Final emocionante!!!



Em corrida cheia de expectativas, campeonato em aberto, 13 pilotos foram para a pista, Diego Said vinha como líder do campeonato seguido de Arhtur Targa e Ernesto Brock. As dificuldades da pista e o trabalho que seria encarar os pneus de banda preta fazia os pilotos já saberem de uma etapa difícil pela frente.

QUALIFYING
Diego Said conquistou a pole position com 1:15.035, ficando 8 decimos acima de Jesus Neto que vinha na tentativa de uma corrida final honrosa, Arthur Targa abria a segunda fila, com Ernesto Brock vindo na quarta posição.



CORRIDA
A primeira parte da corrida começou bem, com os pilotos vindo com os pneus de bande preta, para se livrarem assim que pudessem deles, Emerson Czerkawsky vinha com os pneus vermelhos, e vinha chegando forte no pelotão da frente, até que um erro ao tentar ultrapassar Arthur Targa lhe custou uma saída de pista, na sequencia uma bandeira amarela por causa de Martin Rossi que ficou preso na zebra.
Boa parte dos pilotos foram aos boxes, para já colocarem os pneus vermelhos, Emerson Czerkawsky num erro de estratégia acabou ficando em pista liderando e parando na volta seguinte, com isso ficando para trás em 8
º.
O líder da prova vinha sendo Leonardo Lopes, até a volta 12, quando Ernesto Brock assumiu a ponta. E na  sequencia com sua parada, foi a vez de Diego Said.
Após as paradas, Leonardo Lopes reassumiu a ponta da etapa, com Jesus Neto em segundo.
Com a segunda para da Lopes, o Argentino Tonga Guardia assumia a ponta da prova, liderando até ter problemas, com isso Said e Jesus Neto lideraram uma volta, sendo que Neto perdeu a liderança após rodar sozinho na prova após parar em verde e estar no box bem na hora da amarela, mas com um problema de PC acabou rodando em amarela, com isso Leonardo Lopes voltando a ponta.
Lopes liderou a prova até a volta 35, quando ele e Said ao ver os desgastes de pneus foram aos boxes, Ernesto Brock resolveu arriscar e continuar na prova, esperando uma milagrosa amarela, já que não tinha combustível, enquanto Emerson Czerkawsky assumia o segundo lugar, com o piloto da HVM querendo ir até o final sem fazer sua parada já que tinha combustível suficiente.
Emerson Czerkawsky vinha com ritmo levemente melhor encima de Brock, e quando se aproximou muito, Arthur Targa acabou gerando uma bandeira amarela, Que acabou decidindo pelo fim da prova sob regime de safety car.
Com isso Ernesto Brock acabou vencendo a prova, mas não foi o suficiente para garantir o titulo, Emerson Czerkawsky enfim se recuperou na temporada fechando no podio, e Leonardo Lopes coroando seu retorno ao AV com o terceiro lugar, Diego Said foi o quarto colocado.


CAMPEONATO DE PILOTOS
Diego Said se consagra campeão e dando o segundo titulo consecutivo de pilotos para a Black Wings, Ernesto Brock, fechando o campeonato de pilotos em terceiro com 54 pontos, apenas 3 atrás de Said.
Arthur Targa concretizou o campeonato no terceiro lugar com 40 pontos.


CAMPEONATO DE EQUIPES
A Black Wings RT se sagrou campeã do campeonato, com 54 pontos, contra 51 da CTE Racing HVM, e a HVM Racing Team fechando em terceiro com outros 49 pontos ao longo do campeonato


PROXIMA TEMPORADA
A Indycar com os seus IR18 dará lugar aos Champ Car com os Lola do ano de 2005 e 2006 para um campeonato novo, com 3 etapas.


VT da Etapa