MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Diego Said vence em estréia da Champ Car em Denver



A ChampCar fez sua estréia na liga nesta quinta feira dia 24, ao todo foram 30 inscritos, e 23 pilotos entraram para a etapa de estréia.
O Circuito de rua de Denver foi o palco, um traçado largo, apesar de ser de rua, com um traçado praticamente novo para todo mundo no grid.

QUALIFICAÇÃO:
Pedro de Oliveira (BSP Racing) foi o primeiro a cravar a pole, colocando quase 1 segundo nos demais, Rodrigo Vicente (Team Pink Power), de volta ao AV mostrou que não está enferrujado, e cravou o segundo tempo, Tonga Guardia o argentino da Branca Sport Team, com uma homenagem aos carros da Brahma Sports Team, fechou em terceiro,


CORRIDA:
Tendo de fazer uma largada de segurança por questões do simulador, a largada foi relativamente tranquila, com um inicio de corrida sem maiores incidentes.
Na volta 6 a primeira amarela, Emerson Czerkawsky (HVM Racing Team) rodou e acabou se envolvendo em uma confusão envolvendo outros três carros.
Bandeira amarela essa que foi triste para Pedro de Oliveira, que acabou tendo um pico de energia e caindo da corrida. Com isso Rodrigo Vicente assumiu a ponta da corrida, e os pilotos puderam começar a planejar suas estratégias de pit stops.
A Corrida seguiu, com outras amarelas acontecendo, Vicente liderou a corrida até a volta 18, quando foi aos boxes, Bruno Miranda assumiu a liderança por uma volta. Com as paradas de Said que também liderou e Miranda, Vicente retomou a ponta até a volta 29.
No retorno de umas das amarelas, Said assumiu a ponta na volta 30, com Jesus Neto em segundo e Bruno Miranda em terceiro.
Mas duas amarelas ainda estariam por vir, sendo a penúltima uma boa chance de uma volta final emocionante já que relargaria faltando 2 minutos para o fim.
Na relargada Said seguiu na ponta, seguide de Jesus Neto e Bruno Miranda, mas pouco antes do final da volta, Rodrigo Vicente tenta uma ultrapassagem que acaba virando um acidente com o Portugues Paulo Rodrigues (Time XtraBe) e acabou levando outros pilotos juntos, mais a frente Martin Rossi acabou rodando ao se atrapalhar com a “muvuca” de carros e fechou a pistas, tendo assim a direção de prova optando por lançar uma bandeira amarela para evitar maiores problemas com a pista fechada. Assim, após 1 hora de corrida, Diego Said vence o Grande Premio de Denver, com Jesus Neto em segundo e Bruno Miranda que largou em ultimo conseguindo um heroico terceiro lugar, mesmo após os acidentes.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
Não houve protestos


Punições por corte de saida de boxes:
Silvio Cividini +20s, +2pts na carteira
Martin Rossi +10s, +1 pt na carteira

Fabio Marques +10s, +1 pt na carteira
Wendel George +10s, +1 pt na carteira
Ricardo Prediger +10s, +1 pt na carteira
Gil Ribeiro +20s, +2 pts na carteira

Piloto que abandonaram e com isso perderão posições no proximo grid:
Lino Palladino, +5 posições - +1 pt na carteira

Thallisson Santos, +5 posições - +1 pt na carteira

CARTEIRA DE PONTOS



CAMPEONATO DE PILOTOS:
Diego Said obviamente sai como líder com 25 pontos, Jesus Neto 20 pontos, enquanto Bruno Miranda começa o campeonato com 16.


CAMPEONATO DE EQUIPES:
A Black Wings RT é líder com 25 pontos, a BSP Racing fazendo 20, e a BMRS com 16 pontos conquistados até aqui.


NATIONS CUP:
O Brasil começa líder com 25 pontos, Portugal tem 6 e Argentina 1 ponto no campeonato no momento.


VT da ETAPA:


A Champ Car retorna dia 7 de Fevereiro no circuito oval de Milwalkee em um desafio noturno.