MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Lopes e Brock vencem em Magny Cours.


A grande final da Clio Cup tinha tudo para ter um grande enredo, Leonardo Lopes era o líder, com Emerson Czerkawsky começando como vice, e Ernesto Brock e Jesus Neto na sequencia.
Lopes tinha uma vantagem boa, mas numa categoria de dianteiros e com duas baterias tudo podia acontecer, e realmente aconteceu.

QUALIFICAÇÃO:
Leonardo Lopes fez a primeira lição de casa e cravou a pole position com 1:52,415, seguido da grande surpresa dos treinos, Marco Parma que fez sua melhor posição de largada na liga vindo em segundo lugar, Felipe Granado mesmo com poucos treinos fez o terceiro tempo, com Jonatan Brochier fechando a segunda fila.
Emerson Czerkawsky então vice líder, bateu e largou apenas em 19
º, Ermesto Brock conseguiu apenas o 17º tempo e Jesus Neto outro postulante ao titulo, largou apenas em 15º.


BATERIA 1:
Em baterias super disputada Leonardo Lopes venceu a primeira bateria, garantindo o titulo do campeonato por 1 ponto, Felipe Granado que fez uma bela corrida, se colocou em segundo chegando a atacar pela viória, mas ficando na segunda colocação mesmo, Jonatan Brochier se reencontrando no campeonato foi o terceiro.
A corrida também ficou marcada pelas boas disputas no meio do pelotão, com brigas entre Emerson Czerkawsky, Ernesto Brock, John Martins e Tonga Guardia.
No final Emerson Czerkawwsky precisou fazer um pit stop por conta de falta de combustível, e acabou terminando no décimo lugar e largando na ponta na segunda bateria.



BATERIA 2:
A segunda bateria foi mais pegada que a primeira, logo na primeira volta um acidente, levou Leonardo Lopes e outros pilotos aos pits.
Ernesto Brock se aproveitando de erros de Emerson Czerkawsky assumiu a ponta da prova.
No meio dos 10 primeiros, Jesus Neto, John Martins, Emerson Czerkawsky, Tonga Guardia e Paulo Tempera disputavam ferrenhamente.
Após 14 voltas Ernesto Brock venceu quase de ponta a ponta, John Martins fechou em segundo após ter chegado a liderar a prova, mas um erro o ter separado da briga pela vitória, Jonatan Brochier repetiu o pódio da primeira bateria, e fechou na terceira posição, totalizando um pódio totalmente gaúcho na segunda bateria.



CLASSIFICAÇÃO DE PILOTOS:
Leonardo Lopes conquistou seu primeiro titulo na VORC Series, fazendo 95 pontos, Ernesto Brock fechou com a vice liderança, e Emerson Czerkawsky conquistou o terceiro troféu na categoria ao fechar em terceiro lugar.



CLASSIFICAÇÃO DE EQUIPES:
A HVM Racing Team, conquista o tetra-campeonato de equipes na Clio Cup, sendo 3 titulos como HVM e um com a Minardi Team HVM, a Black Wings RT fez 96 pontos, e a BSP Racing fez 79 pontos.



NATIONS CUP:
O Brasil conquistou o titulo com 150 pontos e 3 poles e 6 vitórias.




VT DA ETAPA: