MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Rodrigo Vicente vence em Lausitz em corrida emocionante.



A Segunda etapa da Champ Car chegou a Europa, para o primeiro oval da temporada, Lausitz oval utilizado por 2 anos na Champ Car, a corrida era esperada como grande incógnita por se tratar de um oval bastante técnico, se a corrida seria acidentada ou não, mas no final a corrida foi um show a parte com muito tempo de bandeira verde e com final digno de Indy 500 com a famosa guerra das estratégias e um final pra de emocionante.

QUALIFICAÇÃO:
Diego Said (Black Wings) foi o mais rápido, com o tempo de 36,678 enquanto Rodrigo Vicente (BSP Racing) foi o segundo com 36,773, Fabio Marques (Black Wings) e Luiz Gustavo foi o quarto com sua BSP Racing 2.
Ainda completaram o TOP10, Levi Ávila, Cadu Maciel, Nathan Marchon, Cyro Santana, Alexandre Oliveira e Emerson Czerkawsky.



CORRIDA:
A Etapa já começou com um acidente logo na largada, com uma má largada de Fabio Marques, que acabou fazendo Levi Ávila (Team Schnell) ficar lento e um efeito em cadeia foi realizado, com Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) se batendo com outros pilotos ainda sobrando para o Portugues Paulo Rodrigues (Time XtraBe) e Lino Palladino (Team CTR) que tiveram também de ir aos boxes.
Após a relargada um longo período de bandeira verde foi realizado, com as estratégias de pits stops falando alto, Luiz Gustavo liderou a maior parte da prova, quem apareceu andando forte com uma parada em volta diferente, foi Felipe Lima (MS-2 Motorsports) que chegou a liderar a prova, a 20 minutos do final, uma nova amarela, fez com que praticamente todo mundo fosse aos boxes, mas este tempo não seria o suficiente para ir até o final, na relargada antes mesmo de acontecer, Lino Palladino se toca com outro piloto e acaba perdendo a asa, no susto Emerson Czerkawsky (HVM Racing Team) acaba rodando e uma nova amarela é agitada, a 15 minutos do fim é dada a relargada, Rodrigo Vicente liderava a prova, com Ricardo Prediger em segundo. Restando 5 minutos, os pilotos começam a ir aos boxes, mas Diego Said assumiu a ponta em uma estratégia onde ele visava economizar lhe colocou a frente, mas no final o piloto teve de ir aos boxes, e após as paradas Vicente era líder, com Prediger em segundo e Emerson Czerkawsky em terceiro, Said voltou em quarto duelando com Luiz Gustavo.
Ao final de 81 voltas, Rodrigo Vicente venceu a segunda corrida da temporada, com Ricardo Prediger em segundo, Emerson Czerkawsky ficou sem combustível a metros do final, com isso Diego Said venceu o duelo com Luiz Gustavo foi o terceiro, com Gustavo sendo o quarto, e Czerkawsky ainda cruzando a linha no quinto lugar.



CAMPEONATO DE PILOTOS:



CAMPEONATO DE EQUIPES:



PRÓXIMA ETAPA:
Agora a categoria vai e Edmonton no Canadá, circuito que a categoria andou por vários anos, inclusive no pós "unificação", é um traçado rápido, em um aeroporto, com alguns trechos mais lentos.



VT DA ETAPA: