MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Diego Said domina noite em Gateway!!!



Primeira oval da temporada chega com etapa noturna, o oval americano contou com 21 carros no grid, o fato legal foi o fato da largada ter sido no entardecer com a noite chegando com o decorrer da prova, foi uma das corridas mais interessantes em ovais que a liga fez, com poucas amarelas e bons pegas com a famosa briga das estratégias.

QUALIFICAÇÃO:
Diego Said (Black Wings RT) cravou sua segunda pole na temporada, o piloto fez o tempo de 25,953, enquanto Paulo Tchachalowski (Team Tchacha) fez um excelente qualy, mesmo sendo pouco conhecido, o piloto tem boa experiência em ovais e fez valer neste qualy, Luciano Rocha colocou a #268 Racing na segunda fila ao lado do estreante Evandro Marques (Scuderia Virtual Mustang), ainda completaram o top 10: Regis Brites, Jesus Neto, Emerson Czerkawsky, Pedro de Oliveira, Paulo Rodrigues e Alexandre Oliveira.


CORRIDA:
A largada começou movimentada, com os pilotos conseguindo se desvencilhas de confusões, apenas Marco de Andrade (M Tech Sports) teve o azar de ser acertado por Luiz Gustavo (BSP Racing 3) que perdeu o carro na largada e tocando o piloto do #50.
A corrida foi seguindo em bom ritmo, até a volta 11, onde a primeira amarela chegou com o acidente de Fabio Marques que substituía Olavo Cesar na Black Wings News.
Com a relargada Diego Said seguia na ponta, tendo perdido ela pela primeira vez na volta 21, quando Pedro de Oliveira (BSP Racing) assumiu a liderança, tendo Diego Said recuperado a ponta na volta 30.
Com o anoitecer chegando a corrida foi ganhando estratégias, pilotos que haviam parado na primeira amarela com pneus mais novos, dos que os que ainda seguiam na prova, uma nova amarela com Paulo Tchachalowski chegou a novamente os pilotos foram aos boxes.
Pedro de Oliveira que ia assumir a ponta, acabou tendo uma queda de conexão, dando adeus a prova.
A corrida voltou a seguir, até um novo acidente entre Cadu Maciel (BSP Racing) e Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) acontecer, com isso Cadu Maciel acabou caindo posições e ficando voltas atrás.
Enquanto isso Evandro Marques vinha surpreendendo fazendo uma corrida bem centrada, o piloto se aproveitava e ia galgando posições e sempre andando entre os ponteiros.
Quem se aproveitou de tudo isso foi Paulo Rodrigues (Time XtraBe) chegou a ponta da prova, por causa de sua estratégia, e mesmo perdendo a ponta para Said na volta 70 e depois a segunda para Evandro Marques na 76, foi seguindo em terceiro.
No final nova amarela com o acidente de Cristiano Gomes (Calango Racing).
Quando ia ser dada a relargada a 1 minuto do final, novamente uma amarela, Regis Brites (Black Wings News) se acidentou sozinho, e acabou encerrando a corrida em bandeira amarela mesmo.
Ao final de 96 voltas, Diego Said levou a segunda vitória na temporada, Evandro Marques cruzou em segundo, fazendo sua estreia com um pódio na liga, Paulo Rodrigues havia cruzado a linha de chegada em terceiro, mas uma punição pós corrida, o fez cair para o sexto lugar, com isso Ronaldo Silva (Motores Mania) conquistou a posição chegando ao seu primeiro pódio, em sua estreia em campeonatos na liga.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
C.Maciel > A.Oliveira - +20s, +N2 – Acidente causado pelo #43
M.de Andrade > L.Gustavo - +20s, +N2 – Acidente causado pelo #99
Direção > P.Rodrigues - +50s - O piloto informou o não pagamento de um DT que havia sido retirado pelo Diretor de provas, com isso foi acrescentado o tempo de um DT de 50s, mas sem pontos na carteira ao piloto, pela atitude de boa fé.

NOTIFICAÇÃO DE AUTO PUNIÇÃO:
L.Rocha > P.Tchachalowski – Auto Drive Thru por incidente na volta 68

CARTEIRA DE PONTOS:


PONTUAÇÃO PILOTOS:


PONTUAÇÃO EQUIPES:


PRÓXIMA ETAPA:
Agora a Indycar Series, chega ao Brasil, para a corrida no circuito de rua do Anhembi em São Paulo, apesar de um traçado de rua, a pista contem uma longa reta e passa pelo sambodromo em sua reta de largada e chegada.



VT DA ETAPA: