MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Lopes, Martins e Jesus vencem na terra do sol nascente!!!



A TCR Ásia Séries chegou a Twin RIng Motegi, em seu circuito misto, a longa pista, bastante exigente e técnica foi palco de uma disputa acirrada entre os pilotos, com 21 carros a etapa foi bastante pegada e contou com disputas pra lá de fortes.

QUALIFICAÇÃO:
Cadu Maciel (BSP Racing) fez a pole position com o tempo de 2:01,817, formando a primeira fila com Leonardo Lopes da Black Wings RT, a segunda fila foi formada por Jesus Neto (BSP Racing) com seu VolksWagen Golf e John Martins (CTE Racing HVM), ainda fecharam o top 10: Ernesto Brock, Felipe Granado, Givaldo Spindola, Alexandre Oliveira, Anderson Medeiros e Marcelo Vieira.


BATERIA 1:
A corrida começou com Cadu Maciel seguindo na liderança, seguido de Leo Lopes, Ernesto Brock (HVM Racing Team), Anderson Medeiros (BSP Racing 2) e Jesus Neto brigaram pelo terceiro lugar da prova.
Enquanto isso Gilson Rodrigues fazia grande prova de recuperação ao sair do 20º lugar e na volta 4 já andar em sexto na corrida.
Depois de tanto atacar Cadu Maciel, na sexta volta Leonardo Lopes enfim consegue a ultrapassagem encima de Cadu.
Ao final de 10 voltas, Leonardo Lopes vence sua primeira corrida na temporada, com uma vantagem de apenas 0,368 encima de Cadu Maciel que foi o segundo colocado, com Jesus Neto conseguindo cruzar a linha de chegada no terceiro posto da prova!
Ainda fecharam o top 10: Ernesto Brock, Anderson Medeiros, Felipe Granado, Gilson Rodrigues que fez uma ótima corrida de recuperação, Dani Gomes outro com boa recuperação, Alexandre Oliveira e John Martins fechando a inversão do grid.


BATERIA 2:
Com John Martins e Alexandre Oliveira, com dobradinha da CTE Racing HVM dividindo a primeira fila a bateria 2 foi bastante tensa.
Vindo para uma segunda bateria, onde os toques e acidentes na largada foram maiores, John Martins não deu chance para ninguém e sumiu a frente na liderança, Leonardo Lopes foi vitima na primeira volta e foi um dos pilotos a abandonar a prova.
Alexandre Oliveira ficou isolado em segundo.
Felipe Granado (Herdez Competition) e Cadu Maciel chegaram a brigar pelo terceiro lugar, enquanto isso Jesus Neto que saiu de 8º chegou a andar em quarto, mas foi cada vez mais caindo de posições.
Com mais 10 voltas na segunda bateria, John Martins vence a segunda bateria, formando uma dobradinha com Alexandre Oliveira seu companheiro de CTE Racing HVM, Cadu Maciel ainda fez um bom terceiro lugar, assumindo de vez a liderança do campeonato naquele momento, destaque para as boas corridas de Emerson Czerkawsky (HVM Racing Team) e Cyro Santana da 4EverBr que saíram de 18º e 15º e fizeram 7º e 8º no final. Jesus Neto que vinha em 9º lugar simplesmente se entrega ao 10º para largar na pole e com isso ter vantagem na terceira bateria.


BATERIA 3:
A terceira bateria contou com Jesus Neto e Gilson Rodrigues na primeira fila.
Jesus Neto disparou na liderança, e aproveitou seu companheiro de equipe que entrou em duelo com Emerson Czerkawsky, Givaldo Spindola, Ernesto Brock e Cyro Santana, que brigavam por posições no pódio.
Enquanto isso Leonardo Lopes vinha fazendo prova de recuperação e na matade da prova já aparecia em 6º após sair em 18º.
A briga pelo segundo lugar, estava ferrenha, com Givaldo Spindola duelando com Brock, até que na volta 4 Brock conquistou a posição.
Após 20 minutos e 30 segundos dentro das 10 voltas da terceira bateria, Jesus Neto vence a última bateria do dia, com isso recuperando a ponta do campeonato, já que Cadu Maciel perdeu várias posições em virtude de um acidente e perda da asa traseira fechando apenas em 16º.
Ernesto Brock colocou-se em um ótimo segundo lugar, se recuperando no campeonato de pilotos, e Leonardo Lopes em grande corrida, ainda fechou com o terceiro lugar ao final da prova.
O Campeonato fechou as três baterias com troca na liderança no campeonato de pilotos, mas no final Jesus Neto ainda sai como líder, agora com 12 pontos de vantagem para Cadu Maciel.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
Bateria 3:
G.Spindola > G.Rodrigues [Volta 8] +20s, N2 - Ultrapassagem dando toque no piloto do #68.

CARTEIRA DE PONTOS:


Gilson Rodrigues, ultrapassou os 6 pontos, com isso fica sem qualificação na próxima etapa.
Paulo Tempera, segue com a punição de ficar sem qualificação quando comparecer a uma etapa.

PONTUAÇÃO PILOTOS:


PONTUAÇÃO EQUIPES:


PONTUAÇÃO MARCAS:


PRÓXIMA ETAPA:
Agora a categoria vai a Coréia do Sul no traçado de Yeongam-Gun, antigo traçado que recebeu a formula 1 no passado, com uma grande reta, e um trecho bem difícil no meio, a prova promete ser muito interessante para os carros dianteiros da TCR Asia Séries em suma semi-final.



VT DA ETAPA: