MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

O dia que as Codornas caçaram o caçador!!!


Em corrida movimentada, o traçado de Detroit Belle Island, foi palco da quarta etapa da Indycar Series, com grande disputa pelo titulo, BSP Racing e Black Wings RT, brigaram como se a corrida fosse um jogo de xadrez.

QUALIFICAÇÃO:
Samuel Pontes, depois da sua primeira vitória, resolveu entrar de vez no foco da categoria, com isso o piloto conquistou a pole position para a BSP Racing 3, com o tempo de 1:14,584, Pedro de Oliveira também da BSP, mas da equipe principal, fechou a primeira fila, a segunda fila contou com Diego Said (Black Wings RT) se sentindo pouco confortável com a pista, acabou fazendo um tempo 1.4 segundos mais lento que Pontes, enquanto Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) fechou a segunda fila.
Ainda completaram o Top 10 da classificação: Luciano Rocha, Evandro Rocha, Paulo Rodrigues, Emerson Czerkawsky, Anderson Medeiros e Cristiano Gomes.
Ao todo 16 carros estiveram presentes no evento.




CORRIDA:
A corrida começou com Samuel Pontes mantendo a ponta, enquanto a largada aparentava estar indo tudo bem, Cristiano Gomes (Calango Racing) ao tentar ultrapassar Luciano Rocha (#268 Racing), acabou freando além da conta e com isso bateu forte no carro de Evandro Marques da Scuderia Mustang Virtual, e assim a primeira amarela da prova aconteceu, pior para Evandro que acabou abandonando na sequência.
Na volta 7 Pedro de Oliveira assumiu a liderança da prova, deixando Samuel para trás, enquanto isso Alexandre Oliveira seguia na terceira posição.
Said que havia parado na segunda volta, para trocar os pneus, já vinha em recuperando onde na volta 14 chegou a assumir o segundo lugar na prova.
Pedro e Samuel vinham forte em sua estratégia e não paravam para trocar os pneus, seguindo o máximo possível mesmo com os pneus de banda preta.
Na volta 23 Samuel vai aos boxes, e deixa a liderança para Said, que para na volta seguinte.
Na volta 25 as posições eram : Luciano Rocha que vinha em estratégia diferente, Cristiano Gomes, Said, Jesus Neto, Pedro de Oliveira, Alexandre Oliveira, Samuel Pontes, Luiz Gustavo, Emerson Czerkawsky, Paulo Rodrigues e Regis Brites.
Na volta 26 a amarela causada por Cadu Maciel (BSP Racing) após uma batida forte, levou também Alexandre Oliveira, que errou e bateu sozinho quase que no mesmo momento.
Na volta 34 Diego Said tenta ultrapassagem em Pedro de Oliveira, mas Said acaba tocando na traseira do piloto da BSP, o fazendo perder a roda de seu carro, o que significa fim de prova, Said ainda fecharia a prova em 10º o que lhe daria relativamente bons pontos mesmo com o abandono.
Tendo Pedro de Oliveira na ponta, e Jesus Neto na segunda posições, depois do acidente de Said, Samuel era o terceiro colocado, até que os companheiros de equipe facilitaram a ultrapassagem para Samuel...
Que com isso após 41 voltas e 1 hora e 1 minuto de corrida, venceu sua segunda corrida na carreira, e com isso foi para o empate contra Diego Said na liderança do campeonato, Pedro de Oliveira foi o segundo colocado, e Jesus Neto fechou o terceiro, levando a BSP Racing a uma tríade com cada carro sendo de uma das equipes satélites e matriz.
PROTESTOS E PUNIÇÃO
C.Gomes > E.Marques – Indeferido – Não contem a volta do incidentes, e o NAP, é feito apenas em caso de passagem pelos boxes, a liga não considera parar o carro e esperar como auto punição, quando feito isso o piloto deve conversar direito com o prejudicado, como não houve protesto por parte de Evandro, nada foi levado adiante.




CORTE DE ENTRADA DE BOXES:
Regis Brites: +30s +N1x3 - voltas 2, 21, 32
Paulo Rodrigues: +20s +N1x2 – voltas 12,33
Alexandre Oliveira: +10s +N1 – volta 20 [+5 posições próximo grid]*
Diego Said: +10s +N1 – volta 25 [+5 posições próximo grid]*

CORTE DE SAIDA DE BOXES:
Paulo Rodrigues: +10s +N1 – volta 14

* em virtude do abandono e a punição não poder ser aplicada no resultado.

CARTEIRA DE PONTOS:


O piloto Anderson Medeiros não fará qualy em Phoenix.

PONTUAÇÃO DE PILOTOS:




PONTUAÇÃO DE EQUIPES:




PRÓXIMA ETAPA:
Agora os pilotos chegam para o oval de Phoenix, onde ocorrerá a corrida noturna, que promete ser um dos grandes pegas principalmente pelo campeonato estar empatado neste momento.




VT DA ETAPA: