MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Samuel pontes desencanta e acaba com jejum e vence primeira na carreira.



A Indycar Series desembarcou em São Paulo, para a terceira etapa do campeonato, desta vez no circuito brasileiro do Anhembi, que fez parte da categoria em anos anteriores. Com um grid de 18 carros, os pilotos deram um show a parte em uma corrida de uma única bandeira amarela.

QUALIFICAÇÃO:
Pedro de Oliveira (BSP Racing) tentando uma recuperação no campeonato, fez a pole com o tempo de 1:19,476, com Samuel Pontes da equipe 3 da BSP em segundo com mais de um segundo atrás de Pedro.
Luiz Gustavo pela BSP Racing 2, e Anderson Medeiros da equipe 3 da BSP, completaram o domínio entre os primeiros do time chefiado por Jesus Neto.
Ainda completaram o top 10: Alexandre Oliveira, Cadu Maciel, Jesus Neto, Luciano Rocha, Diego Said e Cristiano Gomes.


CORRIDA:
A corrida que teve a largada de segurança nesta etapa, contou com uma largada até que tranquila, sem tirando pequenos incidentes que fizeram alguns pilotos ir aos boxes.
Pedro de Oliveira manteve a ponta até a volta 7 quando a bandeira amarela por causa do acidente de Marcelo Nunes (Mystery Racing Team) que bateu forte destruindo o carro.
Com isso, o português Paulo Rodrigues (Time Xtrabe) que não havia parado foi para a liderança, perdendo na sequência para Cadu Maciel (BSP Racing) que liderou mais duas voltas e depois despencou na classificação indo para em 13
º.
Ai o líder foi Jesus Neto, que fez um bom stint na ponta, com os pilotos tendo de se preparar para a segunda para da noite em verde, alguns pilotos começaram a adiantar as paradas na esperança de uma amarela, ou mesmo pegar pista livre, ao final da rodada de pits Samuel Pontes chegou a liderança na volta 21 de onde não saiu mais. Diego Said (Black Wings RT) que vinha em corrida de recuperação após um começo difícil de prova. Perto do final Jesus Neto que vinha em terceiro acaba batendo e perdendo a asa dianteira, tendo de ir aos boxes repor a asa.
Ao final de 43 voltas, Samuel Pontes desencanta e vence sua primeira corrida na carreira, Diego Said como um Highlander para fechar em segundo lugar na corrida após os revés do começo, ainda fechando em terceiro Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) em boa corrida consistente e sem toques e incidentes.


PROTESTOS E PUNIÇÕES
Sem protestos por incidentes.

Corte de saída dos boxes:
P.Maeda: voltas 2, 8, 28
A.Medeiros: voltas 11, 26, 34
P.Rodrigues: voltas 23, 35
E.Marques: voltas 24, 34
J.Neto: volta 26* (apesar do corte,  não foi contabilizado pelo fato de uma asa dianteira estar na linha de passagem fazendo o piloto ter de desviar)
C.Maciel: volta 29 (com o abandono do piloto a punição passa para 5 posições no próximo grid)

Notificação de Auto Punição
A.Medeiros > N.Marchon – volta 12.

CARTEIRA DE PONTOS:


Anderson Medeiros - Sem qualy na próxima etapa. por atingir 6 pts na carteira.

PONTUAÇÃO PILOTOS:


PONTUAÇÃO EQUIPES:


PRÓXIMA ETAPA:
Agora a categoria continua em circuitos de rua, mas volta aos Estados Unidos onde fará a etapa de Detroit no circuito de rua. uma pista com alguns trechos rapidos, e com bastante ondulações que os pilotos irão enfrentar.



VT DA ETAPA: