MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Trois Rivieres tem campeonatos começando a se decidir.



A IMSA Series retornou para um traçado de rua, a pista da vez foi a canadense Trois Rivieres que recebeu a categoria ALMS lá pelos idos de 2000, a pista curta e de traçado pouco travado, trouxe aos pilotos mais um desafio onde a concentração valeria muito, ao todo 22 pilotos estiveram em pista pelas 3 classes da categoria.
E a corrida já trouxe o primeiro titulo da temporada!

QUALIFICAÇÃO:
DPI:
Com 6 carros em pista pela classe, Felipe Lima (Black Wings RT) fez a pole position com 55,852. Ernesto Brock (HVM Racing Team) retornando a categoria foi o segundo com seu companheiro de equipe Emerson Czerkawsky em terceiro lugar, tendo o grid ainda, Dani Gomes, Carlos Eduardo Maciel e Guido Seelig que largou do fundo do grid por uma punição.


GTLM:
John Martins colocou a CTE Racing HVM novamente na pole, enquanto Bruno Fernandes com a Fitness Racing Snow Schatten em segundo, Luciano Rocha fez um bom terceiro lugar, dentro dos 7 carros da classe, ainda completaram o grid: João Hebert, Vinicius Gonçalves, Marco de Andrade e Alisson Bullet.


GTD:
Já na GTD, Pedro de Oliveira, substituindo Jesus Neto na BSP Racing, fez a pole position com o tempo de 1:00,744, enquanto Cadu Maciel fez o segundo tempo também de BSP, Wendel foi o terceiro com a Herdez Competition.
Ainda fecharam os 9 que correram pela classe: Michel Oliveira, Fabiano Tomaz, Caio Possati, Alisson Borges, Antonio Vieira e Cristiano Gomes.


CORRIDA:
A etapa já começou com uma tremenda lambança, Pedro de Oliveira até então líder da GTD, acabou dando muita distancia para o pelotão fazendo que quando os GTD Fossem largar, já estavam quase tomando uma volta dos DPI, quase causando um acidente entre as classes, passado o susto, a primeira bandeira foi logo agitada, após acidente de João Hebert da M Tech Sports.
Na relargada a corrida começou a fluir bem e o ritmo foi bom, até uma nova amarela com Marco de Andrade (M Tech Sports) após um acidente.
Ainda houve uma terceira bandeira amarela, perto do final da prova, o que fez a relargada acontecer com menos de 10 minutos.

DPI
Após 73 voltas Guido Seelig (Black Wings RT) fez uma corridaça de recuperação e aproveitou um problema em um dos pits onde Lima entrou junto e teve de esperar o pit de Guido, com ritimo forte, Guido se recuperou e venceu sua segunda corrida na temporada, e com isso assumindo de vez a liderança no campeonato, e dando a Black Wings RT o titulo antecipado pelo campeonato de equipes. Felipe Lima ainda cruzou em segundo, com Ernesto Brock sendo o terceiro colocado com sua HVM.


GTLM
John Martins duelou forte com Bruno Fernandes durante boa parte da corrida, e no final levou a vitória, Luciano Rocha colocou a #268 Racing em segundo lugar, e cresce no campeonato, e Alisson Bullet que largou em ultimo conseguiu fechar em terceiro com a Simel Racing.


GTD
Já na GTD, Wendel George se aproveitou dos azares de Cadu Maciel e a falta de Jesus Neto, e venceu a etapa, tendo Michel Oliveira da Tornado E-Motorsports conquistando um belíssimo segundo lugar, Cristiano Gomes, fazendo uma corrida consistente depois de sair de ultimo lugar na classe colocou sua Lamborghini da Calango Racing em seu segundo pódio na temporada., com o líder do campeonato Cadu Maciel cruzando em quarto lugar, salvando pontos importantes.


PROTESTOS E PUNIÇÕES:
Direção > P.de Oliveira [+10s, +N1] Causou incidente na largada ao manter distância demais para o pelotão, como era substituo, Jesus Neto perde 5 posições no próximo grid, já que era substituído por Pedro.

CARTEIRA DE PILOTOS:


Paulo Tchachalowski sem qualy. (não estava presente em Trois para pagar)

CAMPEONATO DE PILOTOS:
DPI:


GTLM:


GTD:


CAMPEONATO DE EQUIPES:
DPI:


GTLM:


GTD:


PRÓXIMA ETAPA:
Agora a categoria volta a um Roval, em Charlotte com um traçado rápido, o novo roval americano, que ganhou uma boa reforma para a Nascar, agora chega na VORC Series.



VT DA ETAPA: