MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Evandro Marques vence primeira na liga, e duelo pelo titulo fica em segundo plano.


A Penúltima etapa da Indycar Series pela VORC Series, a pista de Phoenix, recebeu uma etapa noturna, que nada mais era que a semi-final do campeonato, o duelo começava com Diego Said (Black Wings RT) e Samuel Pontes (BSP Racing) e Luciano Rocha (#268 Racing) correndo por fora.
Mas os acidentes foram o grande chamariz da etapa que passou ao status de sobrevivência, trazendo gente nova ao pódio.

QUALIFICAÇÃO:
Rodrigo Vicente atual campeão da Champ Car, estrando na temporada pela BSP Racing substituindo Cadu Maciel, já deu um cartão de visitas com a pole position com o tempo de 21,653. Pedro de Oliveira também da BSP Racing ainda com esperanças de brigar pelo campeonato foi o segundo formando uma segunda fila toda da BSP. Samuel Pontes (BSP Racing 3) vice líder empatado do campeonato, fez o terceiro tempo com 21,892, tendo Regis Brites (Black Wings RT) que corria no lugar de Felipe Lima, sendo o quarto colocado, ainda completaram o top 10: Luciano Rocha, Emerson Czerkawsky, Luiz Gustavo, Alexandre Oliveira, Evandro Marques e Cristiano Gomes. O qualy contou com 18 carros.


CORRIDA:
Logo no começo um acidente com Luiz Gustavo (BSP Racing 2) já causou a primeira amarela da noite.
Com a relargada, a corrida foi fluindo a apesar da dificuldade de se passar na pista, o ritmo era bom mas a segunda amarela voltou na volta 17 com o acidente de Nathan Marchon (Black Wings FSW), na sequencia um novo problema, Alexandre Oliveira (HVM Racing Team) tem problemas de conexão e seu carro passa como um fantasma por todo mundo, mas atingindo vários carros ao “voltar” sendo Emerson Czerkawsky seu companheiro de equipe a primeira vitima, na sequencia, Diego Said líder do campeonato, Rodrigo Vicente e Diogo Souto entre outros. Com isso a amarela foi estendida.
Samuel Pontes e Said faziam um duelo de marcação com Said tendo de superar vários problemas durante a prova.
Na volta 30 um novo acidente o piloto part-season Diogo Souto (Cabrito Racing) acaba rodando, e indo ao muro, e levando junto com ele alguns carros em toques e acidentes, entre eles o estreante da noite Felipe Granado (CTE Racing HVM) mas que conseguiu continuar na prova. Neste mesmo momento Pedro de Oliveira dá adeus a prova por um problema de internet, deixando a briga pelo titulo junto.
Novo acidente na volta 71, Rodrigo Vicente toca em Emerson Czerkawsky que com um pneu furado, roda e atravessa a pista, causando uma bela de uma carnificina ao baterem junto Anderson Medeiros (BSP Racing 3) Fabio Marques (Black Wings News) e Felipe Granado, todos dando adeus a prova.
Na sequencia, Ronaldo Silva (Motores Mania) que vinha a corrida toda arriscando e se colocando em situações complicadas enfim teve o desfecho imaginado, e foi ao muro, com isso foi final de prova.
Ai o final de prova contava com meros 7 carros, com Rodrigo Vicente e Regis Brites em uma briga épica na por posição.
Com tudo erraram em momentos distintos e a liderança caiu nas mãos de Luciano Rocha, que por uma “piscada” de sua internet, acabou perdendo a liderança para Evandro Marques (Scuderia Virtual Mustang) Said que vinha a frente de Samuel, acabou rodando e ficando atrás de seu principal adversário na briga pelo titulo.
Ao final de 105 voltas Evandro Marques conquista a sua primeira vitória na VORC Series, com Luciano Rocha batendo na trave e chegando em segundo, Rodrigo Vicente havia terminado em terceiro, mas um problema em seu DAP não gerou o LOG obrigatório a todos os pilotos e com isso Regis Brites fechou o pódio com o terceiro lugar.
Samuel Pontes acabou terminando em 5º, uma posição a frente de Said e com isso assumindo a liderança do campeonato para a etapa final em Portland.



PROTESTOS E PUNIÇÕES:
Direção > R.Vicente – DQ, Não envio de LOG obrigatório.

Advertências:
Ronaldo Silva – O piloto precisa manter mais a calma em disputas ainda mais se tratando de ovais, andou em 3wides em momentos desnecessários e dando toques em mergulhos fora de hora.

Diego Said – Conforme já solicitado em outros briefings pela liga, pedimos aos pilotos que não tomem punição proposital (DQ) em qualy, para evitar possíveis problemas de mal entendido em edições de grid.

Fabio Marques - Conforme já solicitado em outros briefings pela liga, pedimos aos pilotos que não tomem punição proposital (DQ) em qualy, para evitar possíveis problemas de mal entendido em edições de grid.

Diogo Souto – Se atentar em ouvir os procedimentos no briefing. (fez duas voltas de qualy)

CARTEIRA DE PONTOS PUNITIVOS:



PONTUAÇÃO PILOTOS:



PONTUAÇÃO EQUIPES:



PRÓXIMA ETAPA:
Agora a categoria chega a sua grande final em Portland, tradicional circuito americano, com duas boas retas e um trecho lento de miolo, a grande final será com certeza um dos grandes eventos desta temporada.




VT DA ETAPA: