MENU

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Indianapolis recebe IMSA Series em corrida tranquila.


A IMSA Series chegou a Indianapolis para a segunda etapa da temporada, com 17 carros nas 3 classses, com a DPi e GTLM vindo com 5 carros e 7 na GTD, mas isso não deixou ninguém na mão, em uma corrida “full-green” deixando o campeonato da DPi embolado e outros com pilotos disparando no campeonato.

QUALIFICAÇÃO:
DPI:

Ricardo Prediger (Team Schnell) fez a pole com o tempo de 1:17.529, quase um segundo a frente de Dani Gomes da Chrome Racing, enquanto Cesar Bergesch substituindo Felipe Lima pela Black Wings RT. Carlos Maciel de Schnell e Tarso Marques da Chrome completaram os 5 pilotos da categoria.



GTLM:
Luciano Rocha colocou a sua #268 Racing na pole com o tempo de 1:22.489, com Cristiano Gomes da Calango em segundo colocando dois Porsche entre os primeiros.
Thallisson Santos (CTE Racing HVM), Cadu Maciel (BSP Racing 2) e João Hebert da M Tech Sports fechando os 5 GTLM.



GTD:
Jesus Neto (BSP Racing) lutou contra todos os problemas que vinha enfrentando com seu simulador em virtude das atualizações e conseguiu encima da hora vir para a corrida, com o tempo de 1:24.785, fez a pole no surpreendente Antonio Vieira (Tonyspeed Motorsports) que levou o acura ao segundo lugar no qualy, Paulo Tempera (Portugal Racing), Caio Possati da M Tech Academy, Michel Oliveira (Tornado e-Motorsports), Francisco Junior da Sinister e Alisson Bullet da Simel fecharam os 7 carros da GTD.



CORRIDA:
DPI:
Ricardo Prediger dominou a etapa desde o inicio, onde o piloto seguiu na ponta por 56 das 68 voltas, Dani Gomes da Chrome chegou a liderar por 12 voltas, e fez uma corrida consolidada mesmo ficando a uma volta de Prediger, já na terceira posição Tarso Marques companheiro de Dani foi o terceiro fechando o pódio da prova, ao todo 4 pilotos terminaram a etapa na classe.



GTLM:
Já na GTLM, Cadu Maciel colocou a BSP Racing 2 em sua segunda vitória no campeonato de equipes, Cadu largou em 4º enquanto Luciano Rocha começou liderando a prova, mas na base da estratégia o piloto gaúcho foi subindo posições. Cristiano Gomes foi outro que até liderou algumas voltas, mas um problema em seu force feedback em seus volante o fez perdeu um pouco de ritmo durante a prova.
Ao final de 65 voltas Cadu Maciel venceu a etapa, assim assumindo a liderança do cameponato com Cristiano Gomes ainda em segundo lugar a 2.2 segundo atrás se mantendo na vice liderança do campeonato e Luciano Rocha fechando em terceiro pela segunda vez na temporada.


 
GTD:
Enquanto isso na classe menor, Jesus Neto venceu liderando praticamente todas as voltas, mas além do destaque do próprio Jesus, Antonio Vieira que chegou a liderar algumas voltas, fez uma grande corrida, conquistando o segundo lugar a 7 segundos de Jesus, Francisco Junior conquistou o seu primeiro pódio na liga, com o bom terceiro lugar, dos 7 carros que largaram, 5 completaram a prova, com Caio Possati e Michel Oliveira completaram a prova.




LOGS 3 PRIMEIROS:

PROTESTOS E PUNIÇÕES:
Não houve protestos.

CARTEIRA DE PUNIÇÕES:



PONTUAÇÃO PILOTOS:
DPI:



GTLM:

 

GTD:




PONTUAÇÃO EQUIPES:
DPI:



GTLM:



GTD:




PROXIMA ETAPA:
Agora a categoria correrá em Watkins Glen no traçado curto o mesmo usado pela NASCAR, a corrida promete ser bem disputada e por ser uma versão veloz do traçado os pilotos terão de enfrentar algumas situações durante a prova, principalmente nos momentos de ultrapassagens.




VT DA ETAPA: